sábado, 23 de abril de 2011

Gostosuras e travessuras

Biscoitos.
Não há no mundo nada tão óbvio e gostoso como roer um biscoito.
Para os gulosos, recheados. Para quem está em dieta, água e sal.
Biscoito de polvilho ou de vento para lembrar a infância ou os dias na praia.
Dedinhos de chocolate para provocar a gula.
Biscoitos.
De mercado, da vizinha ou a receitinha da vovó.
Biscoitos são sempre um convite ou uma lembrança.
Esse aí são daqueles que se faz em minutos.

Receita básica:
9 colheres de farinha de trigo
9 colheres de amido de milho
6 colheres de manteiga ou margarina
5 colheres de açúcar

Misture tudo.
Faça bolinhas e amasse com garfo.
Forno moderado até que fiquem douradinhos embaixo.

Variações:
Pode colocar ( e fica muito bom) raspas de laranja, de limão, de gengibre ou canela.
Também pode substituir 2 colheres de farinha por chocolate.

Beijinhos com farelos

domingo, 17 de abril de 2011

Vamos costurar?????

 No inverno passado deixei umas coisinhas sem terminar, ou melhor, sem costurar. Detesto costurar!!!! Resolvi costurar os trabalhos antes de pegar nos trabalhos novos.
Na foto, golinha simples que fiz para a Lu. Em barra 2/2. Fiz até a metade com agulhas n. 5 e a outra metade com agulhas n. 5.5.

sábado, 16 de abril de 2011

Tricot da filha

 Lulu resolveu pegar nas agulhas e produzir polainas para o inverno. A foto ficou escura, mas as polainas ficaram lindas!
A foto é, no mínimo, inusitada: vestidinho de alças e polainas de lã. Mas é só para a foto mesmo pois o calor ainda impera por aqui.
Nas agulhas da Lu, outro par de polainas já se forma...

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Parabéns para mim! Parte 2

 Minha irmã, Bernardo, Bia e Mirela. Lindos
 Luiza quer uma mãe muito fofinha. Comprou-me uma GOTA de Hershey's recheada de gotinhas...
Erica me mimou com essa tigela para pasta. Já viram que a tigela combina com o jogo americano de tear que ganhei e que tudo será estreado em breve, com uma bela pasta regada a vinho e sorrisos, claro!
 Mamãe e filhota.
Eu e o Mô.
Filhão e Rogério.

Bom demais estar com pessoas amadas. Família!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Parabéns para mim! Parte 1

Hoje é meu aniversário mas o parabéns com bolo foi ontem, com a família. Muito bom! 
Hoje acordei com telefonemas dos outros entes queridos que não estão aqui pertinho mas que fazem parte de minha vida, das minhas escolhas. Tias, tios, primos, amigos, vizinhos, colegas virtuais e gente que não vejo há muito tempo, mas que tem seu lugar assegurado no meu coração pois fazem parte da minha história.
Bom saber que sou querida ,que a vida é importante e mais, que depois do susto, estou viva!
Hoje é o momento especial para agradecer a Deus e aos meus por estar aqui e ter a possibilidade de me reinventar, de começar de novo, de outro jeito.
Por dois anos seguidos, tragédias aconteceram na semana do meu aniversário e meu astral para comemorar foi pelo ralo. Nesse ano não foi diferente. Além daquele absurdo na escola de Realengo, tive um pirepaque.
Tinha planejado finger foods, comfort food e mais um monte de receitas já estavam separadas para comemorar com festa. Não pude. Não quis. Não tive ânimo, nem saúde.
Aí, com a mãozinha do papai e da mamãe lá do alto, comecei a receber agrados.A pessoa aqui não resiste a agrados.
Esse aí, o Mô trouxe e já pensei na estreia. É um conjunto de jogos americanos trabalhados em tear manual. Puro luxo! Ganhei uma tigela para pasta da Erica (ainda não fotografada) que já me deu a ideia do jantar perfeito. Tenho que chamá-la, claro!
No dia seguinte, estava eu tristonha, chegando em casa e o porteiro me chama: "Dona Izabelle! Acabou de chegar! "Surpresa" para a senhora!"
Agora, me digam como ele sabia que era surpresa???? Mas foi,foi sim,  uma surpresa de fazer a manteiga derretida aqui, derreter-se.
A Laninha, lá da Varanda me mandou pelo correio uma cartinha recheada de palavras confortáveis e outras gostosuras. Na foto, faltou um marcador de feltro que é tudo e já está no uso. Depois eu mostro. Obrigada, amiga!

Resolvi que, já que era para paparicar, eu mesma daria conta e, depois de um exame ultra enjoadinho, passei, despreocupadamente em frente a um armarinho de onde essas fofurices quentinhas gritavam por mim. O que eu poderia fazer? trazê-las, claro! Mais um agrado!
O Mô resolveu contra atacar e não deixou por menos: um relógio da Guess, um livro, barra de chocolate, bombons, cd do Elton John e até mesmo o lanche do dia ele me trouxe. Mimada eu????

Mamãe que não se deixa ficar atrás de ninguém no quesito paparico me encheu de roupas. Algumas ela mesma costurou. E isso, queridos, não é para qualquer um não! Vestidos e saias brotaram das mãos de artista que ela tem. Outras, ela comprou: leggings, blusas e mais saias. Roupa nova é tudo!
Mas não acaba por aqui, não. Depois de um abraço dos filhos, do Carlinhos, ainda ganhei sapatos da irmã, tigela da amiga e muitos, muitos beijos dos pequenos.
E o parabéns, com bolo feito pela mamãe.
Amanhã tem a parte 2. Com mais fotos ( presentes da filha, dos amigos...)

Carpe Diem

domingo, 3 de abril de 2011

Encomenda que chega, alegria no coração: livros e filmes

 Na semana passada recebi a caixa do mês da Saraiva. Nela, os livros Crescendo e Água para Elefantes. O primeiro comprei porque gostei muito do Sussuro e é uma continuação. Trata-se de uma saga. É literatura juvenil fantástica que me distrai um pouco antes de dormir.Adoro e necessito ler coisas leves antes de dormir. Funciona melhor que qualquer remédio. A minha rceieta depois de um dia exaustivo de muito trabalho e estudo ( fora os afazeres domésticos) é uma xícara de chá de capim limão e um livro . Mas o livro não pode ser daqueles que fazem você pensar não. Tem que ser daqueles que te embalam até o soninho chegar. 
Bem, gostei muito mais do Sussuro do que deste que demorou umas 50 páginas para me conquistar. Mas é bom e vou comprar o próximo.
Já Água para Elefantes, comprei por pura curiosidade. Li umas críticas favoráveis, sou consumidora de best sellers(aliás, sou consumidora voraz de livros) e comprei. Foi uma surpresa e tanto. Iniciei a leitura no domingo à noite e passei boa parte do dia de ontem lendo. Não parei enquanto não cheguei ao fim. É a história de um rapaz que fica órfão, acaba num circo apaixonado pela linda Marlena. E não conto mais nada. Porque, embora possa parecer só um romance, e com certeza é assim que será mostrado nas telas com a Reese Whiterspoon e o Robert Pattinson, não é isso. Ou ,não é só isso. Até mesmo porque o romance começa quse no fim do livro. A autora, Sara Gruen, consegue colocar você como expectador da trama. A ideia que se tem é como se você estivesse espiando o desenrolar daqueles anos da vida do jovem Jacob através das frestas da lona do circo. Em determinados momentos dá vontade de socar o ar, levantar uma bandeira em favor de melhores condições de trabalho... Isso porque o livro é ambientado no cenário  da Grande crise. Maus tratos misturam-se à belíssimos espetáculos circences. O desabrochar da juventude caminha ao lado da dura realidade da sobrevivência. Belo, encantador, envolvente. Possui a mesma dinâmica de Diário de uma Paixão, do Nichollas Sparks: um idoso conta suas memórias. Mas é infinitamente mais rico.
Fez-me voltar à infância, à Alem Paraíba, quando o vovô me levava para ver o Grande Desfile e depois íamos comer pipocas vendo as jaulas dos animais. Cenas inesquecíveis que foram revisitadas enquanto o veterinário Jacob passeava com o macaco agarrado à sua cintura na tenda dos animais. Lembrei-me também do Maior Espetáculo da Terra: O Circo Orlando Orfei, onde acarinhei um pônei branco e vi poodles cor de rosa brincando de jogar futebol.
Dois filmes para a coleção: Essa versão dos Morros dos Ventos Uivantes que é apenas boa perto do livro. Já assisti a uma outra um tanto mais antiguinha mas, para quem não leu o livro ainda, recomendo assistir a essa versão. O interesse pelas letras da irmã Bronte será inevitável. E Eclipse, claro!

sábado, 2 de abril de 2011

Quase pronto!

Definitivamente, as lentes e eu não combinamos. O trabalho é PRETO!
É a coisa mais fácil que já fiz até hoje, nem por isso o resultado é simplório.
Vou terminar e pedir a Lu para posar de modelo.
Alguém adivinha o que é?

Agradinho

Descansos de copo em retribuição aos cucakes. Espero que a turminha lá goste. Feitos com muito carinho.
Ocorreu um erro neste gadget