quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Bernardo fez 2 anos!!!!!

Foi aí, no pula pula que o B passou quase todo o aniversário!!!! Não há brinquedo que chame mais a atenção dele. Quer um sossego das peraltices de um fofucho de 2 anos? Coloca no pula pula. Só sai com chantagem e muito choro. O resultado? Ficou caidinho no dia seguinte. Passou o dia deitadinho vendo tv. Como se divertiu!
O tema deste ano foi futebol. Bernardo ama jogar bola. E joga bem!
Na mesa do bolo reinou o time dos pais: Vasco.
Mas no resto do salão misturavam-se as camisas do Botafogo, Fluminense, Flamengo, Brasil... As colunas de bolas também homenageavam os times dos amigos. Afinal,todo mundo foi comemorar, ninguém estava lá para discutir, não é?
Quer dizer, mais ou menos.
As avós do B (eu e a Erica) são tricolores. Nem dá para notar!!! kkkk
Aqui a Marcia, uma amiga querida de Volta Redonda e que, para minha alegria, veio para Niterói também. Alguém aí tem ideia de como é reencontrar alguém muito próximo depois de anos de "perdimento"?
Em tempo, o filho dela, Felipe é um fofo!
Neste ano optamos por fazer a maior parte das comidinhas e enfeites em casa. Ficou muito legal! 
Repararam no detalhe da toalha da mesa e do painel com a foto do Bernardo? Tudo bolado por nós.
Os salgadinhos foram encomendados e estavam uma delícia. As mini pizzas também. O bolo, do Vasco, foi feito numa confeitaria tradicional de Niterói. Daquelas tortas de quando a gente era criança com baba de moça, ameixa e doce de leite. Estava delicioso! Ainda tem um pedaço esprando por mim na geladeira.
No detalhe, a mesa de frios com os pães que fiz. Tinha de leite, australiano, de milho e de açafrão. Já deixei as receitas aqui e indiquei o blog da Laély que tem as receitas e a inspiração dos pães de leite e australiano.
Cachorro quente, caldo verde e creme de ervilha completaram a seção de salgados regados a refrigerante, cerveja (adultos insistem, sabem como é), suco de frutas e muita água para hidratar a garotada.
Os doces começaram pelos cupcakes da Lu. Minha filhota caprichou nos cupcakes temáticos de chocolate, recheados com ganache de chocolate e com cobertura de suspiro. Deliciosos. Na mesa do bolo só brigadeiro e beijinho. Mas servimos também docinho de queijo, moranguinhos e brigadeiro de limão. As queijadinhas de abacaxi também inspiradas e copiadas da Laély eu esqueci em casa. Por que será?
Para fechar as gulodices açucaradas, doce de abóbora, mini tortinhas de maracujá e uma mesa de guloseimas para lá de generosa. E as balas de coco que a bisa Marilena trouxe lá de Volta Redonda recheadas de beijinho e brigadeiro. Deu água na boca!
Aqui o salão arrumadinho, pronto para começarmos a bagunça. Como enfeite de mesa, bolinhas de futebol numa caminha de balas de coco.
Como brinde, doces e squeeze de time de futebol.
Acho que não esqueci nada!
Olha só o detalhe da mesa? Não ficou demais?
Dá mais trabalho fazer tudo em casa, contar com os parentes na preparação. Claro que dá. Mas também tem o prazer estar todo mundo junto, envolvido. Comida preparada com amor é sempre mais gostosa!
Cada um fez um pouquinho, colaborou com alguma coisa, em alguma tarefa e tudo saiu perfeito.
Agradecimentos às bisas Salete e Marilena que vieram antes para ajudar no preparo dos doces. A mamãe Lulu que caprichou nos cupcakes, a bisa Zila que presenteou com o bolo do Vascão, ao tio Lindão (Miguel) que caprichou nos caldos... Vovó Erica a organizadora do evento, vovô Amauri, vovô Flávio e Cirão que literalmente pegaram no pesado... Euzinha aqui que também fiz das minhas artes... Carlinhos que além de pai foi o babá da festa zelando pela segurança no pula pula... Ih! Toda a família, obrigada! Esqueci de algum agradecimento especial? Puxem a minha orelha que eu escrevo de novo, tá?
Todo mundo ajudou muito, curtiu muito e comeu bastante.
No final, só alegria!

Aqui o dindo Ciro, a dinda Clarissa, mamãe Lu, Bernardo, papai Carlinhos e a dinda Carolina. Todos vascaínos!!!! 
Um viva à todos os amiguinhos e familiares presentes!
O vovô Flávio produziu um clipe especial para comemorar a data e mostrar todo mundo que veio comemorar conosco. Cique aqui e veja que emocionate!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Loura, filme, feriado. É isso e mais um pouco

A culpa é do verão se aproximando, juro.
Quando o Sol começa a se aproximar da Terra ( não, quando a Terra vai se aproximando do Sol em sua rota elíptca. Correto, assim?) algo em mim começa a borbulhar. É quando eu resolvo fazer a faxina de Primavera nos armários, a mudar os móveis de lugar, a pensar em flores, guardar os tricots e pegar os crochets e claro, se tudo está mudando, até o plantea, por que não eu?
Esteira lubrificada ( só falta euzinha aqui andando nela), casa arejada, colorida, cortinas lavadas, frutas e mais frutas. E um salão no caminho de casa. Resultado: estou loura novamente!!!!
 Antes do salão, deu uma passadinha no Cinemark para comprar os ingressos para Amanhecer- parte 1. Sem críticas, please. Já disse que quero viver 130 anos. E, se pudesse ser linda, imortal e rica que mal há nisso??? kkkkk Só para descontrair. Mas acho ridículo encaixotar conceitos de que isso não é literatura porque é adolescente ou aquilo pode isso não. Um exemplo clássico é ficarem falando horrores do luan Santana. Deixem o menino cantar em paz. Outro dia um povinho mais adulto estava criticando o menino. Pois bem, disseram que como podia um "fanho" vender tantos cds? E eu, rápida ( e sórdida, claro) devolvi: Gostam do Roberto Cralos? SIM. Ele também é fanho!
Adultos tem o péssimo hábito de escolher alguns conceitos e eleger o que é certo, errado, o que é bom, o que não é... As pessoas tem direito  a serem crianças, adolescentes, adultos e velhos. Cada coisa a seu tempo. Já falei que andamos "adultizando" nossos pequenos não falei? ( Aff, momento revolta. Deixem meus fofos em paz. E, sim, curto os vampiros que brilham como eles mas entendo a filosofia por trás do mito de Arnold Paole aprimorado por Bran Stoker, a simbologia do Frankstein e o Médico e o Monstro. Tudo bem. Aliás, a Stephenie Meyer também. Tanto que a literatura inglesa e norte americana são o pano de fundo de suas estórias. Mudando o vento: estou com um livro ótimo, só de doutores que estudam essa literatura através das personagens de Crepúsculo. Então, deixem os meninos sonharem com team Edward e team Jacob)
Gente, que parêntesis! 


Bem, hoje, dia da criança, decidi viver como uma. Não lavo, passo, cozinho, corrijo, trabalho ... Levantei com um presente maravilhoso do meu amor: um cd do Scotty Mccreery cantando uma música do meu ídolo, Elvis Presley. Não precisava de mais nada.
Estava até agora na sala de Tv. Da música para um filme com música: As Armadilhas do Amor. Sinceramente, o título bobinho não faz jus ao filme e a seu elenco para lá de talentoso.
Boa música de Nashville interpretada por River Phoenix, Dermot Mulroney e Samantha Mattis. Uma graça. Vale só pelo olhar ao mundo da música e ainterpretação impagável de Sandra Bullock.

As Armadilhas do Amor
(Thing Called Love, The, 1993) • Direção: Peter Bogdanovich
• Roteiro: Carol Heikkinen
• Gênero: Comédia/Drama/Musical/Romance
• Origem: Estados Unidos
• Duração: 116 minutos
• Tipo: Longa-metragem
Elenco
• River Phoenix   James Wright
• Samantha Mathis   Miranda Presley
• Dermot Mulroney   Kyle Davidson
• Sandra Bullock   Linda Lue Linden
• K.T. Oslin Lucy
• Anthony Clark Billy
• Webb Wilder Ned
• Earl Poole Ball Floyd
• Trisha Yearwood -
• Micole Mercurio Mary

• Sinopse: Um grupo de jovens talentos da música country buscam uma chance de conseguir o sucesso, enquanto se vêem às voltas com o amor. Filme também conhecido no Brasil como "Um Sonho, Dois Amores". 

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Bolinho na xícara

Que delícia ficou esse bolinho!
E super simpático, não é?

Imaginem uma mesa de lanche com essa belezura espalhada!Pois é, nem deu tempo rsrsrs
Estava na blogsfera, no blog da Laély que visito quase que diariamente e me apaixonei pela ideia do bolo servido diretamente na xícara. No blog, ela destaca as gostosuras que degustou no festival que acontece em Santa Teresa ( ainda hei de dar um pulo lá)e, gentilmente, nos oferta com a receita de um delicioso bolo de abóbora de uma chef famosa de lá, a Kamila. Só o passeio pelo Sala da La já é um presente.E as recitas dela são ótimas. Já fiz umas. Tem uma aqui que é infalível e é receita dela também.  Fiz também o pão australiano que posto depois. Delícia!!!!
O bolo da receita eu ainda não fiz. Por pura falta de organização. Moro um pouco afastada do comércio e tenho que carregar listas de compra quando saio, caso contrário compro o que não preciso e não compro o que está em falta. Coisas de Bellinha!
Mas, como fiquei encantada com a apresentação do bolinho em xícaras de café, fiz um simples, de maracujá para agradar os de casa.

Vamos à receita:
2 ovos
1 xícara de açúcar
1 xícara de suco de maracujá concentrado
2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de óleo vegetal
1 colher de fermento em pó
Bater tudo junto e colocar até a metade das xícaras untadas. ( Experimentei enfarinhar algumas e outras não. Não precisa da farinha)
Levar ao forno até dourar sobre um tabuleiro.
Não tenham medo. As xícaras não quebram. ( Eu tive, por isso usei as mais feinhas kkkk)

Para cobertura:
Levar 2 claras ao fogo até ficaram mornas ( não deixe cozinhar)
Colocar na batedeira e acrescentar, aos poucos, 8 colheres de açúcar.
Bater até endurecer.

Bernardo e seus miquinhos amestrados


Moramos junto à Reserva Darci Ribeiro e contamos com a presença ilustre de cerca de uma dúzia de micos leões da cara dourada.
Vez ou outra eles dão as caras em nossos quintais.
Esses aí vieram fazer algazarra na quadra.
Luiza correu para pegar bananas e dar aos gulosos.
Ocorreu um erro neste gadget