segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

A história de Claire, a gata.

 Claire é essa delicinha que faz parte da minha vida há dois meses. Hoje estou me sentindo um pouco mal e ela, como uma boa gata, está aí, me vigiando. Uma fofa! Literalmente! rs
 Essencialmente é brincalhona e adora brinquedos. Não interessa se é minha bolinha de fisioterapia. Se é brinquedo, é dela.
 Naninhas também são essenciais para o soninho. E que soninho!!!!!!!!!!!
 Observadora, minha gatinha albina tem os olhos de que cor mesmo?  Num dia estão azuis, no outro cinza, amarelos verdes... Depende da luz. Linda, linda, linda!
 Sapeca, adora se pendurar. E arranhar, e morder... É filhote e filhote é sapeca!
 O arranhador serve tanto para arranhar como para se deitar e... cochilar!
 Cochilar. Cochilar. Cochilar...
 Mas isso agora. Porque a pequena já passou por uns apertos. Tão novinha! Essa foto é de um mês atrás. Ela ficou pior, bem pior.
 A pessoa que nos vendeu, não sei se por ganância ou necessidade a fez com 40 dias de vida. E Claire, depois de alguns poucos dias já começou a apresentar uma série de problemas. Era desnutrida, só pesava 250g, tinha um vírus que atacou todo o sistema respiratório e, como se não bastasse, um fungo que a deixou como um gremlin!


Perdeu muito pelo, ficou feinha, feinha. Mas não menos amada.

E como começou essa história?
Meu esposo comprou a Claire depois de muito pesquisar sobre gatos. Queria me dar uma gatinha mais calminha e caseira já que os nossos e os dos vizinhos foram assassinados.
O que nós não esperávamos é que a Claire fosse albina e não branca.
E o que tem isso?
Por ser albina, ela é surda e tem baixa imunidade.
E por isso, ela vive em meu quarto. Ainda não está apta aos rolés pela casa.
Ainda não pode tomar vacinas em virtude de seus tratamentos.
Hoje ela está linda, seu pelo cresceu, está com mais de 600g( triplicou o peso em dois meses) e é nosso xodó.
Mas não precisava ter passado por nada disso se tivesse permanecido com a mãe por mais tempo.

Moral da história:

1) Adote animais ( como sempre fizemos) mas se for comprar um animal de raça faça de um criador registrado.
2) Cuide do seu animal. Você será o responsável por toda a sua vida. Fico chocada com pessoas que "descartam" os animais com problemas.
3) Cuide dos seus. Filhos, amores, amigos, animais... Quem está perto de você, precisa do seu cuidado.

Beijo










Ocorreu um erro neste gadget