quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Blusa em squares rosa antigo!

Para o verão que vem chegando, crochetei essa blusinha usando um square que "inventei".
É o mesmo que eu e a Lulu usamos para fazer os ponchos desse ano.
Super fácil.
Fiz uma outra azulzinha e estou fazendo uma pretinha básica.
A linha aqui é a Camila Fashion.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Ricotinha e requeijão caseiro

Procuro fazer a maior parte do que é  consumido aqui em casa.  Tentando diminuir o consumo de produtos industrializados.  Melhor para mim e para o planeta,  não  é  mesmo?

A ricotinha já  é  tradicional. Hoje lembrei da receita do requeijão.
Vamos aos ingredientes?
 Acabei de escrever sobre potes e mostro potes!  É  o seguinte: não  tenho leite in natura aqui.  O jeito é  usar potinhos.
Além  de leite, manteiga e creme de leite há  ainda vinagre ou suco de limão.
Como fazer?
Coloque  o leite para ferver.  Quando ferver,  coloque umas três  ou quatro colheres de vinagre ou suco de limão.  Vai talhar.  Desligue o fogo e deixe descansar por uns dez minutos.
Coe num pano.  Pronta a ricotinha!  Tempere à gosto.
Para o requeijão,  coloque no liquidificador com duas colheres de manteiga e 200ml de creme de leite.  Bata bem.  Vai ficar um pouco mole.  Não  se assuste!
Coloque em potes e leve para gelar por umas duas horas.
Delícia!

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Um pouquinho de Montmartre

Estou um pouco sumida. É muita correria!
Meu computador está com as fotos de Paris no slide show, no descanso de tela. Aí, ao ver Montmartre não olvidei: tenho que colocar no blog!
 Meu amor!
 E temos escadas pela frente!!!! Assim como para conquistar prêmios é preciso esforço assim é para chegar à Sacre Coeur! Há que se subir muitos degraus!
 O bolo de noiva! Sacre Coeur! Toda linda! De tirar o fôlego!Havia uma artista tocando harpa nas escadarias! Mais um presente de Paris aos visistantes.
 Emoção ímpar!
 Apaixonei nesse trenzinho! Mas não deu tempo de dar um passeio nele. Aliás, a cada vez que vejo as fotos dessa viagem dos sonhos tenho a certeza de que tenho que voltar à Paris!

 O Sagrado Coração, a fonte de amor!
 Aos pés dela depositei meu agradecimento e meus pedidos!
 Um arrependimento: não ter trazido essa cruz e seu significado para meu neto.
 Para tirar essa foto e ver isso de perto passei um susto.
 Que vista!
 Então, comecei a subir os mil duzentos e quarenta e cinco degraus para chegar à torre  (sim, porque quem contou 300 nunca passou por uma aula de Matemática!!!!), comecei a sentir um pavor surreal. Faltou o ar, comecei a tossir , a ficar nervosa até que os degraus começaram a diminuir de tamanho e o espaço a estreitar. Um horror! Quando cheguei lá em cima entrei em crise. Chorei, arfei, não queria descer!Como consequência, não subi à torre da Notre Dame. E não subo mais a campanário algum!
 Descendo por uma das muitas vielas agradáveis do bairro e me sentindo francesa. Dêem uma olhada no turbante!
 Queridos, isso é uma fonte de água potável! Para quem não conhece, há muitas espalhadas pela cidade. Isso tem um nome: dignidade!
 Na praça, curtindo um solzinho primaveril e em busca de um café.
 Eu e ele! Ele e eu! É muito amor envolvido!

 Não foi um cafezinho mas um chocolat choud avec une tarte tartin! Très bon!
E para fechar o programa, umas voltas pelo cenário do filme Le Fabuleux Destin D' Amélie Poulin!

Ocorreu um erro neste gadget