sábado, 31 de março de 2012

Pão rústico

A tal da máquina de pão é tudo na vida de uma dona de casa.
Ontem, não estava muito a fim de assar pães pequenos no forno para o lanche. Deixei tudo por conta da máquina.Joga tudo lá dentro, liga e... pão quentinho e cheiroso!
Para quem quiser fazer à mão também dá certo. Eu estava (estou) com uma enxaqueca louca e não queria ficar de pé muito tempo.
Receitinha para um pão grande:

Misture nessa ordem:
150ml de água morna
3 colheres (sopa)  de azeite
3 colheres ( sopa) de açúcar
1 colher (chá) de sal
1 ovo
5 xícaras de farinha de trigo ( ou até desgrudar das mãos) * substitua 1 xícara de farinha por aveia, ou farinha integral, fica ótimo!
1 colher de fermento biológico seco (1/2 saquinho)

Sove tudo e deixe descansar.

Enquanto a massa descansa prepare o recheio.

Refogue ( eu coloquei no microondas por 4 minutos)
1/2 linguiça calabresa sem pele
3 dentes de alho picadinhos
1 cebola roxa picada
1/4 de pimentão picado

Deixe esfriar.

Junte a mistura à massa e acrescente as ervas de sua preferência.

Eu coloquei orégano, manjericão, erva doce, salsa, cebolinha e um tiquinho de pimenta do reino.

Deixe crescer novamente e asse.

Dicas:
- Se for fazer na máquina, faça no ciclo sanduíche e deixe para colocar o recheio na metade do tempo.
- Se fizer manualmente, deixe crescer por meia hora, a cada vez, no forno desligado. Quando for assar, espalhe farinha de trigo sobre o tabuleiro, faça uma bola risque em cruz no topo do pão.

domingo, 25 de março de 2012

Sessão Pipoca e livros: The Help e Silêncio



Como sempre, estou assistindo, aos poucos, os filmes indicados ao Oscar que eu ainda não tinha visto.
A vez foi de Vidas Cruzadas.
O filme é inegavelmente bom. Mas é previsível como é previsível o racismo norte americano com requintes de assédio moral.
Para quem conhece a História não é surpreendente em nada. O que foi surpreendente foi a indicação e o oscar á atriz coadjuvante. Pareceu-me apenas uma retratação social.
Tirando o comentário acima, é um filme que vale a pena ser visto, claro!
Há diálogos!!!!!!!!!!!!
Gente, isso, nos dias de hoje, é uma excessão!
Não há efeitos pirotécnicos, mas um texto denso e maduro.
Imperdível mas não é novidade, repito.
E aqui, outros comentários. 

E, como passei as últimas semanas estudando muito, deixei para essa semana a leitura de Silêncio. Uma boa oção para apagar toda a ansiedade provocada pelas provas. O livro é uma continuação da série Hush Hush. Literatura fantástica, infanto juvenil mas que é, surpreendentemente bem escrita. Tem ação, suspense e romance. Para distrair, nada como leitura de piscina ou literatura fantástica. Amo!


Sinopse - Silêncio - Hush, Hush - Livro 3 - Becca Fitzpatrick

Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe. Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece conversar com ela. Alucinações, visões de anjos, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com sua antiga vida. A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas… e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada. De novo. “O relacionamento tempestuoso entre Nora e Patch, o típico bad-boy, é verdadeira e perturbadoramente sedutor.” Publishers Weekly

sábado, 17 de março de 2012

Momento Bernardo

 Bernardo entrou no colégio. Mas como ainda é bebezinho, vale a chupeta!
Ele está amando o colégio e a tia Carol!
 Essa semana chegou assim: de palhacinho!
E, à noite, enquanto eu estudo, ele "lê" muito.
O engraçado é que prefere livros só com letras, sem ilustração.
Nunca vi disso!
B conhece todas as letras e números. Acho que cedo cedo aprende a ler.
Ocorreu um erro neste gadget