terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Ideia bacaninha

Outro dia estava passeando pelo facebook e vi essa ideia genial.
Não resisti e copiei.
Um cabide desmontável ( esse é daqueles de lavanderia. Mas dá para fazer com um fio) e argolas.
Simples demais e resolve aquele problema dos lenços amontoados nas gavetas.
Eu tenho muitos e não usava quase nenhum. Dava muito trabalho ficar procurando o que queria e quando ia pegar, vinha um monte junto, dessarumando tudo.
Para mim, que sou amante dos lenços, echarpes, pashiminas, cachecóis, foi uma maravilha.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

O que me consome, o que eu consumo

Aí está o motivo do meu sumiço.
ICRC ADVOCACIA tomando o que sobrava do meu tempo.
Mas não pensem que deixei o mundo não.Nada disso.
Só não tenho postado, coisa que voltarei a fazer no recesso.
Por enquanto, família, colégio, escritório, casa e pós graduação são donos do meu tempo.
Muitas vezes é preciso sacrificar uma ou outra coisa para abrir os caminhos.
Parei a música, o ballet e o blog.
Mas as agulhas...

Na bolsa entre uma audiência e outra ou leio um livro ou chocheto uma peça.
Essa é uma almofada que estou fazendo para a Suzzane, namorada do filhote.
Almofada de coruja que a amiga Maria Cristina me mostrou e eu apaixonei.
Só falta costurar.
Uma blusa preta para mim.
Quase pronta.

E mais umas coisinhas.
Tudo depende do tamanho da bolsa que tenho de levar ao sair para as audiências.
Se for levinha levo trabalhinho maior, se não, apelo para os miúdos.

Os livros?
No próximo post falo deles.

Mais notícias em breve.

Beijinhos



domingo, 16 de setembro de 2012

É preciso ter fé

Na vida de todos há os bons e os maus momentos.
Mas há também aqueles que nem são bons nem maus, são de reflexão.
A vida passa e como não estamos batendo asinhas no céu feito anjinhos, coisas acontecem. Algumas nos surpreendem, outras não, são esperadas. E nem sempre sabemos lidar com tudo.
E quando isso acontece, as mãos divinas te acolhem e convidam a reviver sua fé.
Nos últimos tempos, por onde vou acho uma Igreja aberta, me chamando para entrar ou uma imagem que me ressalta a força e fé que me move.
Esse São Francisco aí, encontrei no pátio da Igreja da Porciúncula hoje pela manhã.
Na semana passada, em Visconde de Mauá, encontrei minha Madrinha, esperando para me abençoar.
Na Igreja sinto-me viva, capaz, pronta para recomeçar.
E a vida é assim, feita de recomeços.
Uma semana de amor e paz para você e para mim também.




terça-feira, 7 de agosto de 2012

Bolo de coco com chocolate


Esta semana, querendo agradar o neto, fiz um bolo de coco com chocolate coberto com cocada.Vocês não tem ideia de como é fácil e gostoso!
E o melhor: fica lindo e parece que dá um trabalhão!
Sabe aquele bolo simples que todo mundo faz? Se você não faz, compra um pacote de Dona Benta Coco que dá certo do mesmo jeito. rsrs
Pois é, bata seu bolo substituindo o leite por leite de coco e a manteiga por óleo.
Despeje 2/3 na assadeira untada e enfarinhada, misture umas 3 ou 4 colheres de chocolate ao restante da massa e jogue, displicentemente sobre a massa.
Leve para assar.
Enquanto isso, numa panela junte coco ralado e açúcar e mexa bem até ficar quase uma cocada, junte leite de coco.
Depois do bolo frio, despeje a cocada fria (e mole orque você colocou leite de coco nela) sobre o bolo.
Delícia, delícia, delícia!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Num domingo chuvoso...


Chuva, friozinho, lãs, livros, tv, internet, pão de queijo e meus amores por perto. Bom demais!

Tem gente que reclama do frio, tem gente que reclama do calor. Afirmações do tipo: não gosto do frio. Ou, não gosto do calor não constam do meu repertório.
Creio que há tempo para tudo nessa vida tão linda.
O calor chama à praia, piscina, água, comemorações festivas com os amigos, muito riso...
Por outro lado, o frio é necessário. Em tempos de frio e chuva, nos recuperamos dos excessos, nos recolhemos junto aos ederedons e lãs e hibernamos.
O frio, para mim, funciona como um tempo de recomposição e planejamento.
Amo ficar aconchegada com os meus, gestando o verão.
Boa semana!

segunda-feira, 18 de junho de 2012

O Paraíso e o meu Doce Novembro.

Domingo, pela manhã, caminhada nas areias de Itacoatiara, meu paraíso, com o amor com direito à pausa para meditação sobre as pedras, vendo as ondas do mar e crochetando meu Doce Novembro.

Com dois novelos de 100g ele já está assim. Acho que vou usar mais um pois ainda está curto.
Não tem feito frio e os projetos de tricot estão parados. Só consigo fazer o crochet mesmo.
Ando fazendo enxovalzinho para o escritório novo, esse xale e a colcha do B.
O crochet é mais prático de levar a qualquer lugar. Tenho feito no carro, nas esperas entre uma audiência e outra...

Boa semana, queridos!

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Cheiro de novidade no ar

Nos últimos dias não tive tempo nem ânimo de postar porque estou mudando.
Mudando hábitos, mudando a forma de encarar as pessoas, a vida e os desafios que surgem.
Mudança boa, eu garanto.
Estou mais feliz, mais calma e com novas perspectivas.
A mesa é no escritório que também mudou, de endereço.
Não vai ficar assim, vai mudar. Foi só a "arrumação" para trabalhar hoje.
E a parede de fundo vermelha, também vai mudar rsrs.


segunda-feira, 4 de junho de 2012

Para começar bem a semana- Uma visão do Paraíso

Parece uma pintura.
Mas não é.
É uma foto panorâmica da  linda praia de Itacoatiara ontem, domingo.
Fica aqui como um presente, meu e de Deus, para alegrar a sua semana.

sábado, 19 de maio de 2012

Um passo de cada vez. Ou um trabalhinho...

Eu sei que prometi não pegar nada novo até terminar os trabalhos que estão nas agulhas!
Podem jogar as pedras.
Mas foi por um bom motivo. Juro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Faz parte desse enxovalzinho que estou montando e precisa ficar pronto nesta semana.
A causa é boa e justa.
Depois de tudo arrumadinho passo por aqui para contar e mostrar a novidade mais que boa.
Enquanto isso, para não faltar com a palavra dada, continuo na colcha do Bernardo e no meu casaco cinza. Estou alternando. Tanto a colcha quanto o enxovalzinho ficam prontos até o próximo sábado. A blusa não. Ainda falta uma parte da frente e as mangas.
E, na hora da fome (à noite), como estou determinada a perder peso e a pizza na sexta é minha perdição, optei por fazer daquelas de pão.
Na minha foi: pão integral, molho de tomate, queijo meia cura, presunto de peru, tomates, cebbola roxa e manjericão.
Matei a vontade sem culpa.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

E a vida segue, bonitinha


Na manhã desse domingo das mães, o primeiro presente do dia foi um passeio com o amor na praia de Itacoatiara.
Como o barulho das ondas e a brisa do mar renovam!
E aqui, a colcha do Bernardo que vai crescendo.
Na minha cama ela parece pequena mas já está quase pronta.
As meninas tricoteiras e crocheteiras sabem que faço mil trabalhos ao mesmo tempo.
Neste ano estou diferente, um de cada vez.
E para fazer ainda melhor, estou terminando os trabalhos do inverno passado. Não peguei nadinha de novo ainda.Estou domando a minha ansiedade!
Para quem ainda não viu, essa colcha está sendo feita com sobrinhas de lãs em tons de branco, azul e verde que tinha por aqui.
Quando ficar pronta, vou caprichar na foto.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Eu e ele

Prontos para comemorar o aniversário do amigo/vizinho.
A festinha foi super. O tema? Festa no botequim.
Um cardápio para lá de elaborado e farto, companhia dos amigos e vizinhos queridos .
Muito bom!

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Presentes!

É muito bom ser querida!
Aí está uma parte dos presentes de aniversário que ganhei.E continuo ganhando. Sogra, filhos, marido, pai, parentes emprestados, alunos... Como é bom ser presenteada!
Recebi também algumas cartinhas do Clube da Carta. Tão fofas! Com tantos mimos!
Pela primeira vez não quis bolo ou festinha. Quis apenas curtir o dia e descansar junto aos meus.
E foi muito bom!
Sem broncas e nem muitas explicações. Ando apenas sem tempo, executando decisões importantes que tomei e que estão me fazendo muito feliz.
Usei meu aniversário como marco inicial.
Depois passo aqui para contar as novidades.
Beijos

( A luz entrando pela janela simboliza a que está iluminando meu caminho. Amei a foto)

sábado, 31 de março de 2012

Pão rústico

A tal da máquina de pão é tudo na vida de uma dona de casa.
Ontem, não estava muito a fim de assar pães pequenos no forno para o lanche. Deixei tudo por conta da máquina.Joga tudo lá dentro, liga e... pão quentinho e cheiroso!
Para quem quiser fazer à mão também dá certo. Eu estava (estou) com uma enxaqueca louca e não queria ficar de pé muito tempo.
Receitinha para um pão grande:

Misture nessa ordem:
150ml de água morna
3 colheres (sopa)  de azeite
3 colheres ( sopa) de açúcar
1 colher (chá) de sal
1 ovo
5 xícaras de farinha de trigo ( ou até desgrudar das mãos) * substitua 1 xícara de farinha por aveia, ou farinha integral, fica ótimo!
1 colher de fermento biológico seco (1/2 saquinho)

Sove tudo e deixe descansar.

Enquanto a massa descansa prepare o recheio.

Refogue ( eu coloquei no microondas por 4 minutos)
1/2 linguiça calabresa sem pele
3 dentes de alho picadinhos
1 cebola roxa picada
1/4 de pimentão picado

Deixe esfriar.

Junte a mistura à massa e acrescente as ervas de sua preferência.

Eu coloquei orégano, manjericão, erva doce, salsa, cebolinha e um tiquinho de pimenta do reino.

Deixe crescer novamente e asse.

Dicas:
- Se for fazer na máquina, faça no ciclo sanduíche e deixe para colocar o recheio na metade do tempo.
- Se fizer manualmente, deixe crescer por meia hora, a cada vez, no forno desligado. Quando for assar, espalhe farinha de trigo sobre o tabuleiro, faça uma bola risque em cruz no topo do pão.

domingo, 25 de março de 2012

Sessão Pipoca e livros: The Help e Silêncio



Como sempre, estou assistindo, aos poucos, os filmes indicados ao Oscar que eu ainda não tinha visto.
A vez foi de Vidas Cruzadas.
O filme é inegavelmente bom. Mas é previsível como é previsível o racismo norte americano com requintes de assédio moral.
Para quem conhece a História não é surpreendente em nada. O que foi surpreendente foi a indicação e o oscar á atriz coadjuvante. Pareceu-me apenas uma retratação social.
Tirando o comentário acima, é um filme que vale a pena ser visto, claro!
Há diálogos!!!!!!!!!!!!
Gente, isso, nos dias de hoje, é uma excessão!
Não há efeitos pirotécnicos, mas um texto denso e maduro.
Imperdível mas não é novidade, repito.
E aqui, outros comentários. 

E, como passei as últimas semanas estudando muito, deixei para essa semana a leitura de Silêncio. Uma boa oção para apagar toda a ansiedade provocada pelas provas. O livro é uma continuação da série Hush Hush. Literatura fantástica, infanto juvenil mas que é, surpreendentemente bem escrita. Tem ação, suspense e romance. Para distrair, nada como leitura de piscina ou literatura fantástica. Amo!


Sinopse - Silêncio - Hush, Hush - Livro 3 - Becca Fitzpatrick

Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe. Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece conversar com ela. Alucinações, visões de anjos, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com sua antiga vida. A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas… e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada. De novo. “O relacionamento tempestuoso entre Nora e Patch, o típico bad-boy, é verdadeira e perturbadoramente sedutor.” Publishers Weekly

sábado, 17 de março de 2012

Momento Bernardo

 Bernardo entrou no colégio. Mas como ainda é bebezinho, vale a chupeta!
Ele está amando o colégio e a tia Carol!
 Essa semana chegou assim: de palhacinho!
E, à noite, enquanto eu estudo, ele "lê" muito.
O engraçado é que prefere livros só com letras, sem ilustração.
Nunca vi disso!
B conhece todas as letras e números. Acho que cedo cedo aprende a ler.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Gostosuras sem culpa

Jantar de ontem: saladinha e vinho. Hum!
Fiquei apaixonada nessa salada e nem sei ainda o porquê de não ter feito antes.
Parma, tomates, manjericão, azeitonas, gorgonzola. Tudo regado a azeite extra virgem e acompanhado de pão e vinho.
Delícia!

A sobremesa mais fácil do mundo!
Sorvete de manga e banana.
Acreditem, é uma iguaria.
A receita:
Fatie e congele 2 bananas maduras e uma manga.
Bata no liquidificador com um copo de iogurte natural.
Sorvete cremoso e pronto na hora.
Light, diet e, o melhor, sem culpa.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Cafonices lindas!


Pode parecer breguice mas amo esse copinhos.!!!Por conta de um post lá da Varanda da Lanynha fui lá fotografar meus copos.Logo veio a inspiração para um post.
Em tempos modernos onde tudo é corrido, gigante, superlativo e sem emoção, esses copos me trazem nostalgia e a certeza de que eu escolhi o lado da vida que traz mais satisfação. ( Ao fundo, ouve-se : talvez eu seja o último romântico ... hehehe)
Quer coisa mais romântica do que tomar um chá gelado num par de copos desses, na varanda, com seu amor? ( Ai, lembrei de uma cena de Eclipse que diz mais ou menos isso. Estou rindo muito. Juro que não foi minha intenção. Mas, vá lá. Sou do século passado mesmo.)

E brindar numa comemoração nessas belezuras? Diz se não fica mais gostoso tomar coca cola ou guaraná e comer bolo de aniversário assim? Milhões de vezes melhor do que num copão master grande de isopor ou papelão.

Para finalizar, uma das minhas xícaras turcas. Elas me foram dadas pelo meu bem para adornar a licoreira que tinha, até há bem pouco tempo, um licor feito pela minha avó por ocasião do meu nascimento. Combinam que beiram à perfeição.
Ao fundo, algumas das minhas preciosidades. São bules, taças, xícaras e mais um monte de vidrinhos . Tudo antiguinho, tudo com história.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

E fevereiro já está acabando?

Bora colocar a fofoca em dia?
Do começo: fevereiro foi um mês cheinho.
Cheio de novidades, companhia do marido em casa full time, início das aulas do Bernardo, retorno ao colégio, retorno ao escritório, obras em casa...
O tempinho livre foi dedicado à família e ao lazer.
A foto é da salinha mais que fofa do meu neto.
Além de trabalhar e cuidar da casa tenho lido, aproveitado a piscina e feito uma coisinha ou outra em crochet. Nada de mais. Estou com três blusas quase prontas. Só esperando a linha chegar que, claro, acabou antes de eu terminar as blusas.


terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Iogurte caseiro. Saudável e econômico

Iniciar o dia com um pote de iogurte é muito bom! E se ele for feito em casa, melhor ainda.
Ontem, quando estava fazendo meu iogurte da semana descobri que além de todas as vantagens que já conhecemos no iogurte, fazê-lo em casa ainda é econômico. Muito mais do que eu imaginava.
Veja isso:
Para fazer seis porções de 250 ml de iogurte por semana eu gasto R$ 4,00 . Se eu comprasse o iogurte pronto no mercado, gastaria R$12,00. Num mês temos R$ 16,00 do iogurte caseiro contra R$ 48,00 do industrial. Uma economia mensal de R$ 32,00.Ao final de um ano, terei economizado R$ 384,00. E essa conta é só a do meu consumo. Não estou contando o das crianças.
Fiquei pasma!
Como faço pães, bolos e biscoitos em casa comecei a entender porque o dinheiro estica kkkk
A receita do iogurte:
1 litro de leite morno misturado a um pote de iogurte pronto em temperatura ambiente.
Misture, tampe e deixe de um dia para o outro no forno do fogão.
Só isso.
Eu tomo natural.
Para as crianças eu costumo misturar com geléia de alguma fruta.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Esfihas abertas: a receita!

( A foto não faz jus á beleza e gostosuras das esfihas)
Como eu prometi ontem lá no facebook, vai aqui a receita das esfihas.

Antes, alguns comentários importantes: tenho uma relação muito forte com as massas e mil desculpas para isso. Ou porque são fáceis e rápidas de preparar, ou porque ganhei uma máquina de pão do maridão e tenho que prestigiá-lo, ou porque amo massas. Mas talvez a melhor e mais louvável desculpa seja porque eu sou professora de História e lendo aqui e ali constatei que o amido misturado à água e cozido ou assado sempre foi conforto nos momentos difíceis da humanidade , a maior parte deles criado pelo homem. Que ironia! Mas também é com massa que comemoramos. Um bolo no aniversário é essencial. Aniversário sem bolo não é aniversário.

Aquela sopinha de macarrão no frio, o nhoque da fortuna que dizem ter surgido num momento de infortúnio, o biscoitinho para agradar ao neto, pães e mais pães, dos mais simples aos elaborados e complicados... Quem não liga um momento da vida à um prato de massa?

Eu ligo  a muitos!!!! A primeira pizza com meu amor num restaurante "pseudoitaliano" cujo proprietário anunciava os sabores das pizzas imitando o Barney dos Flinstones. Saudade! O pão com manteiga molhado no  café com leite arrumado com tanto carinho pela vó Liquinha querida.

Chega de bla bla bla e vamos, enfim, à receita.

Esfihas abertas da Bebel ( receita própria uhuuuuuuu)

Misture nessa ordem:
( Eu usei a máquina de pão no modo massa. Mas dá super certo à mão)
1 xícara de água morna
1 colher de café de sal
3 colheres de (sopa) de açúcar
3 colheres de azeite ( eu esqueci)
1 colher de sopa de fermento biológico em pó
+ ou - 500g de farinha de trigo ( vá colocando aos poucos e sovando a massa até ela começar a soltar das mãos)

Sove muito ou deixe a máquina fazer isso por você.
Faça bolas ( 15 para esfihas do tamanho de uma mão) e deixe crescer  num tabuleiro polvilhado com fubá no forno quentinho ( eu ligo o forno por uns 5 minutos e desligo)
Depois de uns 40 minutos, abra a massa com as mãos fazendo círculos e coloque de vlta sobre o fubá.

Recheio:
( Enquanto a massa descansa, faça o recheio)
Coloque numa peneira ou escorredor 400 g de carne moída misturada ao suco de um limão para que cozinhe a frio e dessore
Refogue 1 cebola média, 3 dentes de alho em azeite
Junte ao refogado um tomate picadinho
Misture tudo e junte cheiro verde
Deixe escorrendo até o momento de rechear as esfihas

Dicas:
1- Coloque o recheio frio nas esfihas
2- Pré aqueça o forno mas asse em forno médio para que a carne não fique esbranquiçada
3- Se quiser que a carne fique dourada passe sobre ela uma mistura de molho de tomate com azeite
4- Polvilhe fubá sobre as esfihas antes de assar

Aff!!!!! Parece muito mas é que está tudo explicadinho. Nos mínimos detalhes.
Depois que fizer, me conta como ficou.

Qui va vous faire bien manger

domingo, 22 de janeiro de 2012

Gordices do final de semana



(Pão aberto com linguiça, cebola, alho, azeitonas, tomate, pimentão, queijo mussarela e todas as ervas que achei no quintal.)


Janeiro para mim sempre foi mês de férias e para não fugir a esse paradigma ando fingindo que estou em férias.
E férias é sinônimo de Sol, comida, filme, livros...
Comecei a listar os filmes que ando vendo: muitos!!!!!!!!!!! Minha cor mudou bastante também. Perdi o mofo e estou oscilando entre algo cenoura e marrom. Minha forma também mudou. Lembram que eu estava no "Projeto Verão Shakira"? Não rolou.Era muito sacrifício perto de datas festivas e dieta me deprime. Então mudei para "Projeto Verão Marilyn" antes que virasse "Projeto Verão Molly" ( aquela gordíssima do Mike &; Molly). Aproveitei a fartura do corpo e fiquei loura.
Estou tentando deixar as gordices para os finais de semana

Com a mesma massa eu fiz cachorro quente assado. Essa é uma versão quase light uma vez que a salsicha é de peru. A massa é a boa e velha de sempre. Eu faço a massa e vou testando novos recheios e coberturas. A massa é simples.
Misture:
1 xícara de água morna
1 pitada de sal
1/2 xícara de açúcar
2 ovos
1/2 pacote de fermento biológico seco ( 1 colher de sopa)
+ ou - 600 gramas de farinha de trigo
Sove bem, deixe descansar por 1 hora. Faça os pães. Recheie e decore a seu gosto. Leve para assar em forno médio.
Com o pretexto de agradar ao neto fiz esses cookies, in my version, que ficaram bárbaros.

A receita? Aquela dos biscoitos muito fáceis:
9 colheres de farinha de trigo
9 colheres de maizena
6 colheres de açúcar
5 colheres de manteiga (ou margarina- foi o caso e um causo para achar margarina sem leite)
O quanto queira de chocolate granulado ( do bom, viu?)
Amassa, amassa, amassa. Coloca na assadeira. Forno baixo e, quando dourar o fundo, desliga o forno e deixa esfriar lá dentro com a porta entreaberta.
Para o café da tarde, um bolinho cai bem não é? Esse então!!!!! É o bolo mais prático que já vi.
Receitinha:
Bata no liquidificador:
1 laranja sem as sementes ( com casca e tudo. Vai na fé)
2 ovos
1 xícara de óleo
Misture com 2 xícaras de açúcar e 2 xícaras de farinha de trigo com fermento. Se usar farinha sem fermento, coloque uma colher bem generosa de fermento em pó.
Para dar um up no bolinho eu untei a forma e despejei açúcar antes do blo. Dá uma caramelizada. O bolo já sai do forno com cobertura. Mas atenção:  tem que desenformar quente se colocar açúcar no fundo.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

SOS Além Paraíba

Meu avô trabalhou aqui.
Todo mundo já sabe que as águas, neste ano, desabaram sobre a cidade de Além Paraíba. Está lá, toda hora, na tv. Milhões de críticas, aos governos, seus mandos e desmandos. Mas agora é a hora da SOLIDARIEDADE. Os habitantes de Além Paraíba e Jamapará perderam tudo. Muitos, a vida.
Há um tempo atrás fiz um post  mostrando a Matriz de São José, onde fui batizada e sobre a minha relação de amor com essa cidade e recebi uma foto da minha família numa enchente ocorrida pelos idos dos anos 60, razão de mais um post. Não imaginava voltar ao blog para falar de Além Paraíba, ou Porto Novo, como eu chamava para mostrar uma tragédia e pedir ajuda.

O vídeo mostra parte do que ocorreu na Praça da Bandeira, perto da casa onde meus avós moravam e eu cresci pegando leite na carroça de manhã e esperando o pipoqueiro à tarde.

Também fiz um álbum no Facebook para quem quiser ver como está a cidade.

Amigos, Além Paraíba precisa de ajuda. Passei minha infância lá, ainda tenho parentes e amigos.A cidade está arrasada e as pessoas também. O sr. Helio conseguiu local aqui em Niterói para receber donativos. Segue o endereço do Praia Clube São Francisco, que gentilmente se dispos a aceitar e armazenar donativos prá região de Além Paraíba e Jamapará: Estrada Leopoldo Fróes nº 700 São Francisco- Niterói – RJ

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Férias= leitura

Dei uma parada providencial nesses últimos dias para fazer nada. Ou pelo menos quase nada. Tinha esquecido como era bom não ter horários, não ter obrigações. Ô vidão!
O que eu tenho feito?
1- Muitas coisas em casa. Mas tudo com prazer, sem exigências. Pintamos o quarto do filho de preto e branco. Ficou lindo!Hoje ia pintar o quarto da filha e...desisti ( por hoje);
2- Filmes, muitos filmes. Vejo filmes que já vi, filmes lindos, filmes bobos, alegres, tristes, romance, drama, comédia... Estou relacionando todos e vou postar meus comentários aqui, aos pouquinhos;
3- Lendo muito, mas devagar. Esses aí estão na minha cabeceira. Estou lendo todos ao mesmo tempo. Sou assim. A leitura depende do meu momento. Sempre tenho um livro ou dois para estudar ( Direito e História), um romance, um livro de filosofia, uma biografia, um em inglês ou francês... Estou lendo dois autores que nunca li antes: Sidney Sheldon e Ernest Hemingway. Estou gostando. A pilha que separei para ler em janeiro tem metade da minha altura hehehe
4- Pensando. Ando pensando muito. Quero planejar 2012 para não ficar num redemoinho no final de ano.
5- Passeando na blogsfera o dia inteiro. Quanta coisa boa eu tenho visto!
6- Elaborando projetos para a escola, para o escritório, para meus estudos. Vem coisa nova em 2012!
E, amando! A família, esposo, filhos, neto e a mim. Tem coisa melhor?

E você, o que tem feito nesses primeiros dias de 2012? Conta, vai?
Ocorreu um erro neste gadget