quarta-feira, 29 de abril de 2009

Presente do Mô


Não é novidade para ninguém que AMO cor, música, dança, alegria.

E também não é novidade que, depois de muitos anos, estou me dando ao luxo de acompanhar uma novela. É a pausa do dia corrido.

Para me agradar, aquele que tudo sabe sobre mim, me presenteou com o cd acima e mais dois que depois eu posto.

Agora me sinto comprometida a seguir com a dança (para as paredes, meus filhos, o Mô e mais ninguém).
Agora eu cismei que quero um sari.
Pode isso?

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Com restinhos eu fiz...




Gente, fazer coisas para bebês é muito bom!!!!!!!!!!!


Termina rapidinho.


Vejam só o conjuntinho rosa: colete, sapatinhos e gorro.


E outro, então? Achei o mais fofo de todos. Só com restinhos...


Viciei.


Vou terminar o que está nas agulhas ( e tem é coisa, viu?) e fazer um gorro para o filhão. Ele usa gorros, acho que vai gostar.

Cachecóis




Ainda na onda febre...


Esses aí foram alguns dos cachecóis que fiz para mim no ano pretérito.


Fazia dois ou três por dia. Agulhas grossas, pontos enormes e vazados. TDB (tudo de bom) e rápidos.


Os de lã, eu fiz com um ponto que eu não sei o nome. Assim :


*tricô*


*2pjm, laçada*


*tricô*


*1m, 2pjm,laçada*


O engraçado é que cada um que fiz saiu de um jeito diferente. Sem explicação!!!!!!!!


Os de linha, fiz em rede de trancinhas. Super prático.


Para ficarem diferentes, vale tudo, misturar lã com linha, linhas de cores e texturas diferentes.


Foi um festival!


Fiz para mim, irmã, amigas, presenteei, dei, vendi. Só não rifei!


As fotos, calro, fora de foco. Coisas de Bebel.

Gorros e mais gorros







A cada inverno tenho uma espécie de febre.



Ano passado foi a febre dos cachecóis. Fiz tantos, mas tantos que cheguei a ganhar mais dinheiro com cachecóis do que com aulas. rsrsrsrs



Já tive febre de mantas, de blusas, de casacos ...



Agora é pelos sapatinhos e gorros.



Estou até começando a acreditar que vou conseguir fazer sapatinhos de dormir para as 50 crianças do Lar da Criança, aquele orfanato do qual já falei por aqui.



O legal é que gasta pouca lã e estou com uma ajudante, a Lu. Vou dar cabo da infinidade de restinhos de lã que tenho no baú.E, por uma boa causa.



Só que é claro que eu não me contentaria de fazer "só" isso.



Então aprendi os gorros em barra 2/2 e aí estão os primeiros.



O bege, na minha modelo, é para fazer conjunto com o casacão que fiz no ano passado.



O rosa é rosa e pronto. Vai para a Bruninha, em Volta Redonda.



Os outros dois rosas são para as minhas fofinhas Bia e Mirela.



Depois, quando entregar tiro fotos com elas...



O legal desses gorros é que eles "crescem"com as crianças.



A-do-rei fazê-los.



Nas agulhas já tem um em tons de azul, para o orfanato.






segunda-feira, 20 de abril de 2009

A dança dos rabinhos
















Gente, a Mia estava amamentando os dois lindinhos que ainda estão por aqui quando a gente reparou que eles estavam em posições iguais.





Um pulo para o Flávio começar a brincar com os bichinhos.





Resultado: a dança dos rabinhos





Só postei algumas fotos tem outras, muitas mais





Foi hilário!

Coisas de Luiza




Fiquei uns dias sem postar nada porqie não tive tempo e tive alguns contratempos...


Mas, para compensar começo hoje com as caixinha da Lu.


A menina é muito habilidosa, não é?


Tudo o que ela faz fica perfeito.
No Natal ela pintou bandejas, porta retratos, cada coisa mais fofa que a outra.


quarta-feira, 15 de abril de 2009

Sarah McLachlan


Hoje, mais uma aula de Música.
Só rindo mesmo. A professora, muito fofa, disse que sou muito inteligente, capaz e coisa e tal.
Amo elogios, sou ariana.
Mas daí a ignorar o fato de que tenho DUAS mãos esquerdas, habilidade e ouvido ZERO para música é para rir.
Minha única relação com música é que gosto muito, acalma minha alma agitada.
Estou na aula por dois motivos: ganhei um teclado estupendo do Mô e sou teimosa (qualidade ariana novamente presente).
A lindinha da "tia" que acredita em mim, a cada aula, me enche de exercícios, dever de casa, música e partituras. Só tive três aulas até hoje e já estou com notas saindo pelas orelhas!!!!!!!
Não sei se vou dar conta.
Pequeno detalhe: sou professora, mãe, esposa, advogada, faxineira, passadeira, lavadeira, cozinheira, tricoteira, estudante, curiosa,etc.
E o tempo???????
Mas, sempre gostei de música. Piano me sublima.
Para minha sorte, o Flávio/Mô tem o hábito de comprar cd, bons cd's e me presentear. Ele sabe exatamente do que vou gostar de ouvir. É muito tempo junto (25 anos) o que faz dele quase um expert em matéria de Bebel. rsrsrrs
Pois é, este cd aí em cima está no player há três dias.
Descobri algumas notas no meu teclado. Cheguei a suspirar quando reconheci...
Maravilhas da música e do amor.
A Sarah toca com uma suavidade que me encanta.
Como presente um vídeo e a letra.
Adia
Sarah Mclachlan
Composição: Sarah Mclachlan
Adia,
I do believe
I failed you.
Adia,
I know
I let you down.
Don't you know
I tried so hard
To love you in my way?
It's easy let it go...
Adia,
I'm empty since you left me.
Trying to find a way to carry on,
I search myself and everyone
To see where we went wrong.
'Cause there's no one left to finger,
There's no one here to blame,
There's no one left to talk to, honey,
And there ain't no one to buy our innocence.
'Cause we are born innocent.
Believe me,
Adia, we are still innocent.
It's easy, we all falter...
Does it matter?
Adia, I thought that we could make it
But I know
I can't change the way you feel.
I leave you with your misery,
A friend who won't betray.
I pull you from your tower,
I take away your pain,
And show you all the beauty you possess.
If you'd only let yourself believe that
We are born innocent.
Believe me,
Adia, we are still innocent.
It's easy, we all falter...
Does it matter?
Believe me,
Adia, we are still innocent'
Cause we are born innocent,
Adia, we are still innocent.
It's easy, we all falter...
But does it matter?

terça-feira, 14 de abril de 2009

Ih! Não teve bolo!!!!!!!!!!!


Dia 11 foi meu aniversário e... não teve bolo (ainda)

Mas teve um monte de coisa:

- Na quinta, jantar com amigos no Lokanta Turka, com direito a show de dança do ventre. Animadíssimo.

Lany, se ainda não foi, precisa ir até lá. Muito bom. Nunca comi um quibe tão gostoso!!!!!!!
Aliás, tudo lá é maravilhoso.
No telão: caminho das Índias (não perdi a novela . rsrsrs)

- Na sexta, bolinhos de bacalhau e muito, mas muito filme. Destaque para quem quer ser um milionário? Show de filme. Mereceu todas as estatuetas e mais algumas.

- Churrasco no sábado , dia do niver.
Bem, não foi bem um churrasco. Foi mais uma orgia gastronômica. Entrada: bolinhos de arroz de sushi. Fica uma delícia. Depois, seguindo as frituras, bolinhos de bacalhau e frango à passarinho.
Seguindo o rodízio de maravilhas, um feijão com carnes que estava qualquer coisa. Maravilhas da Jacqueline.
Para finalizar: churrasco. Ufa!

E o bolo?

Só semana que vem.

Não quis soprar velinhas sem a família por perto. Mamãe para um lado, Vanessa para outro... E as crianças? Bia e Mirela tem que soprar comigo.

No próximo fim de semana, feijoada e... BOLO

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Música da semana




A música desta semana é "When the Saints go Marching in", um spiritual muito fofo e conhecido de todos.

Vou treinar muito.

Daqui há um tempo quero começar a gravar o que estou tocando. Isto porque nunca acreitei que fosse capaz de tocar algo.

Enquanto isso, veja aqui



INSTRUMENTAL
Oh, when the Saints go marching in,
Oh, when the Saints go marching in,
Oh, Lord I want to be in that number
When the Saints go marching in.
INSTRUMENTAL
Oh, when the sun refuse to shine,
Oh, when the sun refuse to shine,
Oh Lord I want to be in that number
When the sun refuse to shine.
INSTRUMENTAL
Oh, when they crown Him Lord of all,
Oh, when they crown Him Lord of all,
Oh Lord I want to be in that number
When they crown Him Lord of shine.
INSTRUMENTAL
Oh when they gather round the throne,
Oh when they gather round the throne,
Oh Lord I want to be in that number
When they gather round the throne.
INSTRUMENTAL

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Aprendendo...


Finalmente comecei as aulas de teclado.

É, tô fazendo curso de Teclado. Piano, só mais tarde.

É que não sei absolutamnete nada de música, não tenho ritmo e blablabla

Fui ao conservatório e a Meyre me aconselhou a começar pelo teclado. Fica mais fácil já que ganhei um MA RA VI LHO SO do Flávio.

Pois bem, a tal Meyre, é ninguém menos que a Meyre M. Garcia Brum, compositora, com obras lindas para crianças.

A amiga aqui que está começando ( começando mesmo!!!!!!!!Só tive duas aulas até agora) está aprendendo "Brincando no Parque", "Brincando na Praia", "Marcha Soldado" e, no máximo "When the saints go marching in".E olhe lá!!!

Estou me deliciando e acho que descobri mais um vício.

Outro dia estava entalada na frente do note, não conseguia escrever nada. Subi, fui até o teclado, fiz uma lição e saí de lá cantarolando.

Ando com a alma mais leve.

Lembram daquela história de retomar as coisas boas? Pois é, ballet, música, francês, receitas, trabalhos manuais, literatura...

Sou eu voltando ao mundo. Voltando a sorrir.

Smile, smile, smile


terça-feira, 7 de abril de 2009

Da série: coisam que emocionam... Valsa da Lu







Há coisas nessa vida que planejamos por um longo tempo, outras por menos,mas tudo aquilo pelo qual ansiamos, quando se realizam, nos emocionam. E como!



Foi assim com o aniversário da Lu.



Ela teve uma perda grande no início do ano passado e não queria festa. A gente aqui também não planeja nada cinematográfico, mas 15 anos sem festinha? Não rola.



O aniversário seria em agosto. Em junho começamos.



A tia Vanessa deu a ela um vestido de princesa. E qual princesa não se anima com um vestido dourado?



E a valsa? 15 anos tem que ter valsa. Com quem dançar?



O pai, claro! E o irmão, tão querido! O tio, o vô (que na hora H pulou fora rsrsrs) e com os amiguinhos...



Primeiro, a escolha da música.



Procura daqui, fuça dali. O Mô ficou cantarolando uma. Lembrei do autor. E taca a buscar na internet: difícil.



Quando já tínhamos quase desistido, achei. Tenho um cd. Pode?



A emoção foi tanta que esquecemos de filmar. Ai ai ai



Mas ficou gravado em fotos e marcado em nossas retinas.



Impossível esquecer!!!!!!!!!



E se eu já choro à toa, toda vez que ouço o tema da Bela Adormecida choro baldes...



A idéia do post depos de tanto tempo (Lu já vai fazer 16) eu tive aqui, na Magia da Dança quando vi a Dança dos Arcos com essa Valsa linda de Tchaikovski. Clique lá, veja e ouça: é lindo! E poético. O despertar da menina!


Nos detalhes: a Lu chegando com a Bia (sobrinha e afilhada, linda de viver), o beijo do pai (coruja) para colocar o anel e a valsa ( parte dela porque repetimos QUATRO vezes para que ela dançasse com quem quis)com a mãe ao fundo, emocionadíssima.


Foi lindo!


E você? O que te emociona? Conta...

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Hoje é um novo dia...




Não apaguei o post anterior porque ainda não estou muito bem. Tá passando, vai passar...
Obrigada pelo carinho Mô, Nile, Pricila e Lanynha.


Enquanto isso, aproveitei meus minutos de folga (KKKKKKKKKK) para costurar os sapatinhos que já fiz. A produção tá lenta, mas acredito que consigo acabar todos (50) até a chegada do inverno.


Ainda mais agora que a Lu resolveu ajudar. Fez um pé ontem (já é um começo) o roxinho. O outro pé já está nas agulhas.
Vou voltar a levar meu tricô para o recreio do colégio.Aliás, nem sei bem porque não tenho levado...


Estou com um gorrinho nas agulhas. Assim que acabar mostro.Cheio de tons de verde, terra, marrom, amarelo...


Aí você vem e me pergunta: mas não eram sapatinhos? Sim, são sapatinhos, mas tem uma quantidade de sobrinhas aqui que não dão para nada. Daí a idéia de um gorrinho multicolorido.


Bem, tem sapatinhos arco-íris também.


Estão bonitinhos, não?


Mas ainda acho que falta algo.


Vou colocar fitinha em uns para ver como ficam.
Revirei meu baú e vi que não tenho lã rosa. E me deu vontade de fazer sapatinhos rosa. Será desculpa para comprar lã??????
ATUALIZANDO: falei com minha sogra ao telefone hoje pela manhã e nos recordamos de uma vez que travamos uma árdua batalha com as agulhas e as lãs para fazer sapatinhos. Perdemos.
Marilena, o post então é especialmente para você. Podemos agora, finalmente, fazer sapatinhos. São muito fáceis. A receita está aí embaixo no post de baby shoes.
Ocorreu um erro neste gadget