segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Quotes: Eclipse



Só para dar um gostinho para os românticos de plantão que ainda não leram... Estão esperando o quê???????
Fui ao cinema com a filha e uma amiga assistir |Lua Nova. Muito bom. O diretor captou a essência do livro. Para quem leu, entendeu legal e quem não leu foi correndo pegar o livro para entender! Muita coisa só dá para saber se conhecer a história.rsrsrsr
Fiz o famoso, copia e cola lá do blog da Vick. Uma graça. Dá uma olhadinha lá...
Quotes do Eclipse de presente para você! ( Algumas das minhas preferidas)

Ele puxou meu punho até seu rosto, nossas mãos ainda entrelaçadas. Seus olhos se fecharam à medida que o nariz roçava a pele ali, e ele sorriu delicadamente, sem abrí-los. Desfrutando o buquê enquanto resistia ao vinho, como certa vez ele mencionou.

(Bella sobre Edward - pag 22)





- Você faz mesmo alguma idéia da importância que tem para mim? Alguma noção de quanto a amo? - ele me puxou para mais perto de seu peito duro, colocando minha cabeça sob seu queixo.
Apertei os lábios em seu pescoço frio como neve.
- Eu sei o quanto "eu" amo você. - respondi.
- Você compara uma árvore pequena com toda uma floresta.
(Edward e Bella - pag 34)


Voltarei tão rápido que você não terá tempo de sentir minha falta. Cuide de meu coração, ele ficou com você.

(Edward para Bella - pag 76)
 
Vocês dois brigaram? - perguntou ele.

- Edward! - cantarolei, atirando-me para ele.
- Oi, e aí? - Ele riu e passou os braços em mim. - Está tentando me distrair? estou trabalhando.
- Não. Não briguei com Jacob. Não muito. Pq?
- Só estava me perguntando se você o esfaqueou. Não que eu me oponha a isso. - Com o queixo, ele gesticulou para a faca na bancada.
(Edward e Bella - pag 166) Essa é ótima! Tem muita alfinetada, ciúme rsrsrsrs

- ... Eu teria esperado por você toda a eternidade, mesmo quando a palavra não tinha as mesmas conotações de hoje.
(Edward para Bella - pag 201)

Odeio você, Jacob Balck.
- Isso é bom. O ódio é uma emoção apaixonada.

- Vou lhe dar sua paixão - murmurei - Assassinato, o crime definitivo de paixão.

(Jacob e Bella, após o beijo à força - pag 240)

O que houve? - perguntou Edward, a voz ficando monótona.
- Eu dei um soco em Jacob. - admiti.

- Que bom. - disse Edward friamente. - Mas lamento que tenha se machucado.

- Eu queria que "ele" se machucasse - suspirei de frustação. - Não provoquei dano algum.

- Nisso eu posso dar um jeito. - prosseguiu ele.

- Eu esperava que você dissesse isso.

Houve uma leve pausa.

- Isso não é típico de você. - disse ele, agora preocupado. - O que foi que ele "fez'?

- Ele me beijou. - murmurei.

Só o que ouvi do outro lado da linha foi o som do motor acelerando.

Na outra sala, Charlie voltou a falar:
- Talvez você deva dar o fora Jake. - - sugeriu ele.
- Acho que vou ficar por aqui, se não se importa.

- O funeral é seu. - murmurou Charlie.

- O Cachorro ainda está aí? - Edward enfim falou de novo.
- Está.

- Estou virando a esquina - disse ele sombriamente, e a linha caiu. (...)

(Edward, Bella, Jacob e Charlie - pag 244)

Um comentário:

  1. ai ai... tô começando a achar que vou gostar...
    bjinhos

    ResponderExcluir

Obrigada por passar por aqui e deixar um comentário!

Ocorreu um erro neste gadget