domingo, 31 de maio de 2009

Itacoa hoje cedo

Eu e mamãe hoje cedo na praia de Itacoatiara.
Dia lindo, companhia ótima...
Foto by Mô.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

De cama, again...


Não sei o que anda me acontecendo: estou mal de novo.

Não sei se é alergia ou uma gripe chegando, mas a garganta arde, não páro de espirrar, cabeça dói e uma tosse não quer me largar desde ontem à noite.

Não consegui sair para trabalhar.

Acho que estou com minhas resistências lá embaixo...



Atchim! Vai um lencinho aí?

terça-feira, 26 de maio de 2009

Celular????


Quem tem um desses sabe EXATAMENTE o que eu sinto quando ele "pira".

Celular sentimental.
De repente ele resolve ficar assim...
Por que eu permaneço com ele?
Por que ele é leve, não tem zilhões de funções, não gosto de trocar coisas que funcionam e quando não está deste jeito, me atende bem.
Mas já vi que vou ter que substituí-lo.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Enroladinhos de queijo e presunto


Receita prática e deliciosa. Tirei lá do blog da Sandra. Tem cada uma mais apetitosa que outra por lá.

Ótima para o lanche da molecada.


Para a massa:

1- Misture:

1 pacote de fermento biológico seco (10 g)

2 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (café) de sal


2- Junte:

1 copo americano de água morna

2 colheres (sopa) de óleo

farinha aos poucos (cerca de 1/2 kg)


Sove muito.

Deixe crescer uns 30 minutos.

Abra.

Coloque o recheio de sua preferência ( o daqui foi queijo, presunto e orégano)

Enrole como um rocambole.

Fatie.

Deixe descansar novamente ( o bichim é preguiçoso. Adora um soninho)

Polvilhe com orégano.
Leve ao forno quente por mais ou menos 30 minutos
Delícia.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Aula show!


Alunas, lindas, fofas e super tudo do CEAL.
Ontem foi um dias daqueles! Im pa gá veis!
Não vou ficar fazendo aqui um mea culpa, mas sei que sou muito exigente com meus pupilos.
Passo tarefa de casa TODOS os dias . Detalhe: em aulas para o Ensino Médio. E os meus lindinhos fazem. Isso não é bárbaro? E aquela chata da Berenice na novela Caminho das Índias fica dando aqueles petits ( é assim que escreve? nem sei), brigando, passando sermões intermináveis. Se fosse aluna dela , nem conto.
Como eu ia dizendo, passei um big, hiper, ultra grande dever e eles fizeram. Contabilize aí: três turmas com 48 alunos cada e só TRÊS alunos, no total, não realizaram a tarefa e ainda tiveram que pagar o mico de me ouvir falar: Não fez por quê? Falta de tempo? kkkkkkkk Faça AGORA enquanto eu corrijo porque você veio aqui para estudar e blablabla (bravinha, não é?)
Continuando...
Fui corrigindo com eles, pedindo a um para ler, a outro para comentar, acrescentando um detalhe, dando um exemplo,contando um bastidor da História... Tudo com direito a encenação, Tomada da Bastilha, hino do Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco, Marselhesa (planejo as aulas, viu? Tenho caderninho de plano)
Ao final do dia, uma aluna diz:
-"Professora, que aula show! Uma das melhores até hoje!"
Mais um detalhe: a maior galera concordou e a aula é de História.
Imagina a "tia" aqui transbordando de alegria!!!!!!!!
Parodiando a propaganda do cartão de crédito:
Viajem a Paris R$ XXXXXXXXXXX
Brinco novo R$ XXXXXX
Jantar romântico R$ XXXXX
Aluno elogiando a aula NÃO TEM PREÇO
(Mas bem que professor deveria ter remuneração adequada!)

Sorteio- Avon




A Bel do blog Praticando o Desapego está fazendo um sorteio legal.

Vamos participar?


Meninas, para participar:

- Ser Seguidora!

- Deixar comentário com nome, email e dizendo: "Avon, eu quero!"

- Só vale 1 comentário por pessoa

- Se a seguidora fizer um post divulgando o sorteio ela ganha mais 3 números.

- Se a seguidora fizer uma troca ou compra ganha 5 números!

-Se não tiver blog, avisar no post que não tem!


O Kit contém:1 Gloss Ultra Color Rich Rosa Médio1 Gloss Glazerwear Bronze Búzios1 Rímel SuperShock Preto1 Make up Remover1 Kit com curvex, pente para sobrancelhas e pinça!2 Colônias Desodorantes Erva Doce 150 ml
Vamos meninas! Participeem!!!!!!O sorteio vai ser dia 22 de maio.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O Sole Mio e Roberto Carlos




Hoje, quarta-feira, dia de aula de música. Ganhei uma estrelinha (grau conferido aos que executam com perfeição determinada música) na música " Brincando no Parque" ( Não vale rir. Esqueceu-se de que até há um mês atrás eu era analfabeta em música e que tenho duas mãos muito esquerdas???).


Fiquei muito feliz com a estrelinha... Mas... não consegui executar Love Me Tender como pretendia. São muitos acordes. Elvis, precisava complicar tanto???


Hoje, "tia" Meyre me passou O Sole Mio. Então vamos treinar. Já tenho 8 músicas no "Cardápio da Bel". Tocar direitinho mesmo, só uma (rsrsrss)


Vou começar do início: ouvindo muito , muito, muito e treinando ouro tanto.


Assista ao vídeo aqui. Com Pavarotti e Roberto Carlos ( RC??? Sim a minha mestra disse-me que vou tocar RC no próximo mês. Fazer o quê? Vou tratar de ir me acostumando com o "rei". Desculpem, mas não sou exatamente uma fã de RC. Aliás, nem gosto. Mas faço qualquer coisa para agradar minha "tia" de piano que tem tanta paciência comigo e diz que vou ficar linda tocando as músicas do RC). Detalhe: o italiano ARRASA, no melhor estilo.

Um pouco da história da composição:

O sole mio, escrita no início do século passado, é a canção napolitana mais conhecida e mais cantada em todo o mundo. Porém, poucos sabem que a música foi composta em outro país.Seu autor, Eduardo Di Capua, estava viajando com seu pai Giacobbe, um grande violinista na época. E, durante sua estadia em Odessa, Ucrania, ao notar através do vidro de uma janela do albergue onde estavam hospedados a intensa luminosidade do sol ucraniano, compôs a melodia para a qual Capurro, seu parceiro, escreveu em Nápoles a letra. (http://www.fatimairene.com/relicario/o_sole_mio.htm)


O Sole Mio
Composição: Eduardo Di Capua





Che bella cosa na jurnata 'e sole,


n'aria serena doppo na tempesta!


Pe' ll'aria fresca pare gia` na festa,


che bella cosa na jurnata 'e sole.


Ma n'atu sole cchiu` bello, oje ne', 'o sole mio, sta 'nfronte a te!


O sole, 'o sole mio, sta 'nfronte a te, sta 'nfronte a te!


Quanno fa notte e 'o sole se ne scenne,me vene quase 'na malincunia.


Sotto 'a fenesta toia restarria,quanno fa notte e 'o sole se ne scenne.


Ma n'atu sole cchiu` bello, oje ne', 'o sole mio, sta 'nfronte a te!


O sole, 'o sole mio, sta 'nfronte a te, sta 'nfronte a te!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Trabalhinho pronto

O trabalho pronto e embalado para presente...









Eis o cachecol pronto.




O ponto é aquele básico que já postei: 1 m )*laçada, epontos juntos em meia* tricotado com agulhas n. 10 e a lã das comprinhas, fio amor da círculo...




Ficou lindo, não?




Um novelo deu certinho.




Ainda bem, porque a lã é carinha.

sábado, 16 de maio de 2009

Pão de ervas


A mesa para dois.
O pão de ervas, salaminho, camponata, queijos meia cura Sítio Solidão(esse foi de vaca mas o de cabra também é ótimo) e Taleggio (Serra das Antas). Para acompanhar um merlot chileno, 2003: o Marchigüe ( delicioso)






Eis o pão recém saído da máquina ( que virou my best friend)



Sei que não postei o primeiro pão. Mas para me redimir posto o quarto, com receita e fotos do passo a passo.






Pão de ervas ( a partir da receita básica)

Tudo separado sobre a pia. Exigências da minha regra número 1: não ter trabalho.

1/2 xícara de azeite perfumado com ervas (manjericão, alecrim, alho e pimenta)

1 xícara de leite

2 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (café) de sal

4 xícaras de farinha de trigo

2 colheres (café) de fermento biológico

ervas de sua preferência ( salsa, cebolinha, manjericão, alecrim e orégano foram as que usei)

2 colheres de pesto



Joga tudo na máquina de pão ( ou amassa, amassa, amassa, bate, bate, bate, joga na parede... Depois deixa a coitadinha descansar)


Olha a máquina misturando tudo. Lindo, lindo.


Com tudo misturadinho. Massa sovada, deixe-a descansar por 30 minutos. Sove mais um pouco e mais uma hora de descanso ( ou deixa a máquina trabalhar)

Não vou dizer o quanto ficou bom.

Imaginem.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Aujourd'hui

Lembram daquela lã linda que comprei na semana passada? Está nas agulhas. Cachecol da Erica quase pronto. Será que ela vai gostar?

Detalhe da Mia num canto e Cléo no outro. Tomando conta de mim?




Não sei bem o que está acontecendo,mas meu coração não quer sossegar.



Estou tendo tanta taquicardia hoje que resolvi trabalhar sobre a cama.



Vocês podem ver a bagunça: note, tricô, gatos, provas, livros... tudo junto e tudo espalhado.



Acredito que eu esteja muito ansiosa.



Como diz minha amiguinha da Varanda: Ai sais!!!!!!!



Enquanto não passa, vou ouvindo o hit do Elvis, Love Me Tender.



Qualquer dia posto uma surpresinha com o Elvis aqui, tá? A "tia" Meire me mandou treinar muito. Será que consigo?


Love Me Tender
Elvis Presley
Composição: E.Presley/V.Matson

Love me tender,
Love me sweet,
Never let me go.
You have made my life complete,
And i love you so.
Love me tender,
Love me true,
All my dreams fulfilled.
For my darlin' i love you,
And i always will.
Love me tender,
Love me long,
Take me to your heart.
For it's there that i belong,
And we'll never part.
Love me tender,
Love me true,
All my dreams fulfilled.
For my darlin' i love you,
And i always will.
Love me tender,
Love me dear,
Tell me you are mine.
I'll be yours through all the years,
Till the end of time.
Love me tender,
Love me true,
All my dreams fulfilled.
For my darlin' i love you,
And i always will.
( A música é para o Mô do Moleskine que me escreveu algo muito especail hoje. Obrigada)



terça-feira, 12 de maio de 2009

Além Paraíba

Nessa casa linda eu fui MUITO FELIZ!!!!!
É a casa dos meus avós: Liquinha e Ari.
Reparem no manacá. Tão lindo! Descobriram como aprendi amar o perfume do manacá à noite?
Naquela varanda eu crochetei muito com minha vovó, vi o trem passar ( a linha é logo em frente , depois da calçada), soltei pipa, comi muito doce de leite, pipoca, subi na jaboticabeira...
Ai que saudades!
Vamos recordar Casimiro de Abreu?
É super apropriado, minha saudade remonta aos oito anos. Quando eu tinha nove, minha vozinha foi morar com a Mamãe do Céu. Depois da partida dela, nada mais foi igual lá naquela casinha linda!!!!
Vamos ao poema:


Oh! Que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida,
Que os anos não trazem mais!
Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais!
Como são belos os dias
Do despontar da existência!
- Respira a alma inocência
Como perfumes a flor;
O mar é lago sereno,
O céu - um manto azulado,
O mundo - um sonho dourado,
A vida - um hino d'amor!
Que auroras, que sol, que vida,
Que noites de melodia,
Naquela doce alegria,
Naquele ingênuo folgar!
O céu bordado d'estrelas,
A terra de aromas cheia,
As ondas beijando a areia
E a lua beijando o mar!
Oh! dias de minha infância
Oh! meu céu de primavera!
Que doce à vida não era
Nessa risonha manhã!
Em vez das mágoas de agora,
Eu tinha nessas delícias
De minha mãe as carícias
E beijos de minha irmã!
Livre filho das montanhas,
Eu ia bem satisfeito,
Da camisa aberto o peito,-
Pés descalços, braços nus -.
Correndo pelas campinas
À roda das cachoeiras,
Atrás das asas ligeiras
Das borboletas azuis!
Naqueles tempos ditosos
Ia colher as pitangas,
Trepava a tirar as mangas,
Brincava à beira do mar;
Rezava às Ave-Marias,
Achava o céu sempre lindo,
Adormecia sorrindo
E despertava a cantar!
Oh! que saudades que tenho
Da aurora da minha vida
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais!
- Que amor, que sonhos, que flores -,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais!

E você? tem saudade de quê? (ortografia velha mesmo)


Um pouco sobre o autor:

Abreu, Casimiro de (1837-1860), poeta romântico brasileiro. Dono de rimas cantantes, ao gosto do público, Casimiro de Abreu publicou apenas um livro, As Primaveras (1859). Filho de um rico comerciante, Casimiro de Abreu nasceu em Barra de São João (Rio de Janeiro) e cresceu no Rio, então capital do Império e centro cultural do país. Entre 1853 e 1857, estudou em Portugal. A vocação literária, porém, suplantou a vida acadêmica. Em Lisboa, iniciou-se como poeta e dramaturgo. A peça Camões e Jaú estreou no teatro D. Fernando e, nela, o autor proclama sua brasilidade, as saudades dos trópicos e refere-se a Portugal como "velho e caduco". De volta ao Brasil, dedicou-se à atividade comercial, com o apoio paterno. Mas definia este trabalho como uma "vida prosaica…que enfraquece e mata a inteligência". Morreu aos 21 anos, de tuberculose, em Nova Friburgo, estado do Rio de Janeiro. Seu poema mais famoso é Meus Oito Anos. Da segunda geração romântica brasileira, Casimiro de Abreu cultivava um lirismo de expressão simples e ingênua. Seus temas dominantes foram o amor e a saudade. Embora criticado por deslizes de linguagem e falta de embasamento filosófico, Casimiro de Abreu é admirado, justamente, pela simplicidade. Alguns versos acabaram se incorporando à linguagem corrente como, por exemplo, simpatia é quase amor, hoje nome de um famoso bloco do carnaval carioca.
É pequena a obra poética de Casimiro de Abreu. Porém, deixou-nos de forma marcante, a poesia da saudade: "Canção do exílio" ("Meu lar") em que partia da aceitação premonitória, "Se eu tenho de morrer na flor dos anos", para a formulação de um desejo que se realizou plenamente: "Quero morrer cercado dos perfumes / Dum clima tropical.”. Meus Oito Anos, Minha Terra - poemas escritos em Portugal, onde adquiriu sua educação literária
(http://www.paralerepensar.com.br/cassimiro.htm)

domingo, 10 de maio de 2009

Dia de mamãe



Como foi seu dia hoje?

O meu foi super.

Almoço na casa da mamãe com direito a almoço especial feito com carinho. Aliás, ela caprichou. Tudo muito gostoso.

Beijos, abraços, presentes...

Essa máquina aí em cima que, nesse momento, está fazendo seu primeiro pão.

Um anel de prata lindo.

O pão, vou fotografar. Espero que fique bom...

Mas o mais legal é ver a máquina lá, batendo a massa.

Vou ter que fazer outra lista de desejos.

Lembram que a panificadora estava nela?

Carpe Diem

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Comprinhas


Quinta-feira é um dia cheio.

Aulas pela manhã e a noite.

À tarde, procuro resolver as pendências da semana e fazer uma visitinha básica para a mamãe.

Pois é, passei em frente a uma lojinha de lãs e... não resisti.

A branca é AMOR, da círculo. Vai virar um cachecol e já tem destino.
A outra que já está nas agulhas vai virar um conjuntinho para o baby. É a KEAMOR, da Pingouin.
Quando terminar, eu mostro.
Carpe Diem

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Tom


Oi, meu nome (provisório) é Tom.

Sou filho da Mia e irmão mais novo da Cléo.

Sou lindo, meigo, carinhoso.

Preciso de um dono.

Você me quer?

Homo Sapiens


O que significa para mim ser um um homo sapiens?
Talvez seja um objetivo de vida: evoluir.
Evoluir como ser e não apenas como espécie.
Para saber um pouquinho das teorias da evolução humana, leia aqui e aqui. São sites simples e diretos. Mas tanta coisa muda a cada nova descoberta!!!!!!!
Então, ser homo sapiens, depende do ponto de vista: para uns é a evolução da espécie, para outros, um conjunto musical... outros nem sabem do que se trata.
Sei que deveria fazer a "tia" de História baixar aqui e escrever um monte de coisas sobre evolução da espécia, do homem na História do mundo... Mas não vou não.
A professora e a advogada só passam pelo Chez Bebel para lerem e se divertirem um pouco.Elas habitam em outro mundo, mais formal. Mudei o nome do blog, lembram? Era Izabelle Costa.Não foi à toa. Assuntos didáticos e jurídicos ficam em outro espaço, ok?
Então:
Hoje, para mim, ser homo sapiens é : pensar com o coração.
Isso inclui: sorrir, cumprimentar, ver os outros como iguais, ajudar, se deixar ajudar, abraçar, cuidar, amar, cozinhar, tricotar, aceitar... e todos os outros verbos que as pessoas andam esquecendo e que nos fazem diferentes.
Você é um homo sapiens?

O Chez Bebel ganhou um selinho




Nosso cantinho recebeu da Lany, da Varanda e do Leo do Idéias e Reflexões Cortesãs o selinho aí em cima . Fiquei emocionada. Obrigada . Não vou retornar a indicação para dar espaço para outros blogs, mas vocês são meus top blogs, tá? ( mais o do Mô, claro!!)


Então, devo indicar 7 blogs e responder a pergunta : O que significa pra mim ser um Homo sapiens... ( Ai, isso vai virar corrente!!!!!!!!)


Assim, as indicações são: ( que dificuldade! quero indicar todos!)


Moleskine Eletrônico: o blog do meu Mô. Lá ele conta muita coisa interessante sobre a nossa vida, os lugares que visitamos... Tem humor, crítica, saudação... mas o forte do blog é a sua paixão por carros. Passa lá. Vrummm


Moça do fio : que menina sensível e antenada! Ela me faz lembrar dos tempos da faculdade. Quando leio seus posts parece que estamos conversando. Uma graça.

Aprendendo e fazendo croche : a Eunice é daquelas que dá vontade de convidar para tomar um chá, trocar receitas... Fora o carinho que nos dispensa a cada semana. Ela é um doce!


Eu e minhas lãs: blog muito divertido da Andrea. A menina me faz rir e chorar, ou chorar de rir. O seu jeito especial de escrever até as coisas tristes deixa a vida mais levinha.


Receitas da Sandra: essa moça vai me fazer engordar horrores! Sabe aquele blog que você entra, depara com uma receita rápida e fácil? Cheio de fotos lindas? Você se sente culpada se não correr para cozinha...


Ecos da Rede: blog da amiga e companheira de trabalho Rosangela. Sabe aquela pessoa coerente? É ela. O blog é uma delícia. Mistura informação, histórias e receitas muito legais. Dá para ser feliz comendo bem e ecologicamente correto.



Dra. Cynthia Furtado: minha cunhada dileta. O blog fala de cuidados que devemos ter. Informação técnica para a leitura de pessoas assim como eu e você. Muito bom!


A resposta faço como o David, a Lany e o Léo..só próximo post rsrsrsrs

terça-feira, 5 de maio de 2009

CEAL



É aqui, nesse lugar lindo que eu leciono.

O local? Colégio Estadual Aurelino Leal.

Podem imaginar que isso já foi a residência do dito cujo? Pois é.

Essa é a visão que eu tenho da sala dos professores.

Mas a paixão vai além da arquitetura neoclássica. Por dentro é que esse colégio é especial.

As pessoas que o freqüentam, por trabalho ou aprendizado parece que vão se contaminando. Os alunos do último ano fazem camisetas panfletando o orgulho que têm de lá e predizendo o sucesso que almejam.

É longe de minha casa, mas não consigo sair de lá. Nem quero.

Já não disse que nesse bimentre discutimos Iluminismo com textos de David Hume, Voltaire, Locke?

Tente fazer isso em outro lugar com outra platéia. Desafio lançado.

Os meus moleques lêem. Isso é bárbaro!

( Tudo bem que sou carrasca, tenho um olhar fulminante, dou visto diário nos cadernos e não admito tarefas sem fazer. Mas eles fazem!!!!!!!!!!!!!)

O bom é quando chega o início do ano seguinte e eles vêm contar o que andam fazendo.

Nossa! Dá a certeza de que as coisas e o mundo pode ser um lugarzinho melhor.

Já mostrei num post sobre o trabalho voluntário de dois ex-alunos. Também já falei dos meninos e meninas da Orquestra de Corda, do Jovem Aprendiz, tem corretor da Ágora, enfermeira, nutricionista, psicóloga (tomara que não tente analisar o que fiz com a cabecinha dela!), socióloga etc. Tem ex-aluno espalhado por todo canto, fazendo trabalho de qualidade.

E tem um, em especial, que me deu um trabalho danado e que está em ritmo de cumprir uma aposta.

Explico: Dei aula para o moleque da sexta série (hoje sétimo ano) até o 3º ano do Ensino Médio. Eu já não o agüentava e nem ele a mim. Era levado até não poder mais!!!

No terceiro ano, depois de uma discussão, chamei o menino no corredor e disse um monte de bobagens para ele. (sei que não devia ter feito isso, mas fiz e ponto)

Ele voltou para a sala, falou com a turma o que eu tinha dito :"que daquele jeito ele não iria ser ninguém" e blablabla

E disse mais. Disse que ele iria ser mais que alguém pois tinha passado todos esses anos comigo e que alguma coisa ele aprendeu. Que, aliás, iria ser Delegado da Polícia Federal.

Bem,levei na brincadeira e disse que faria uma aposta: se ele fosse delegado, seria Ministra do STF.

Resumo da ópera: estou perdida! Preciso de apadrinhamento político ou estudar por demais, escrever 300 livros, aparecer na mídia, etc. para ganhar a aposta.

Sabem por quê?

Por ele já fez alguns concursos públicos e passou em todos. A cada ano ele vai até o colégio e repete o desafio. Pergunta-me o que já fiz até agora para cumprir a promessa porque ele está fazendo a parte dele.

O CEAL é ou não um lugar de gente especial?

Detalhes importantíssimos:

1-dos colegas eu falo em outro capítulo,tá? Tem muita história

2- fui para lá por conta do Flávio do Moleskine Eletrônico... Mas isso também é outra história. Vem no tema " Minha vinda para Niterói" - em breve- kkkk

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Gorro do filhão e Gorro maçã

Fuçando aqui, bisbilhotando acolá, vi em algum blog um monte de gorrinhos divertidos.
Ontem à noite resolvi fazer esse aí de cima.
Como não lembrava onde vi, usei o modelo do gorrinho da Ká, só que sem barra.
É o mesmo que ando fazendo aos montes.
Para ficar parecido com uma maçã, fiz as folhas em crochê. O cabinho é fito da mesma forma que os outros, só troquei a cor.
Não ficou lindo?
Uma maçã para um bebê maçã.
( Se alguém souber de quem é a idéia, me manda o endereço do blog que eu posto aqui)
Gostei de fazer gorros divertidos.
Tudo começou com aquele de restinhos que ficou um charme.
Agora quero fazer de vaquinha, sapinho, triangular, quadrado...
No detalhe o filhão fazendo careta com o gorro 2/2 que qualquer um faz, até mesmo eu.
Ficou de graça, fazendo careta...
Caprichei. Tirei a pior foto que ele vai ter na vida!!!!!! rsrsrsrsrs

Tadinho! Ele é lindo de viver.

Depois posto uma outra foto do meu modelo levado.


Beedi para Marilena




Marilena, essa é para você.

A letra e a tradução. Não sei se está certo, não sei o idioma. garimpei agorinha na internet. (quem souber, me corrija, por favor)

Para o Lucas não rir mais ( mas eu acho que ele vai rir mais ainda... rsrsrss)

O pior é que não combina. Olha só o que é beedi na imagem. Nem preciso falar mais nada...


Beedi
Sunidhi Chauhan
Composição: Indisponível


Na gilaaf,

Na lehaafNa gilaaf,

Na lehaaf thandi hawa ke khilaaf sasuri - 2

O itni sardi hai kisika lehaaf lehi leh

O jaa padosi ke chuleh se aag lehi leh

Female:(Bedi chalayi leh jigar se piyaJigar maabadi aag hai) - 2

Wadaa nikari o lab se piya aah aa

Wadaa nikari o lab se piya jeh duniya badi dhank hai

Haan bedi chalayi leh jigar se piya

Jigar maabadi aag haiMale/

Female:Na gilaaf, Na lehaaf thandi hawa ke khilaaf sasuri

O itni sardi hai kisika lehaaf lehi leh

O jaa padosi ke chule se aag lehi leh

Male:O jaa padosi ke chule se aag lehi leh

Na kasoor,

Na fatoor

Na kasoor,

Na fatoor bina juraam ke hajoor maar gaye

O maar gaye

Female:O aise ik din duphari bula liyo re

Bandh ghungroo kacheri lagaliyo re

Bula liyo re, Bula liyo re dupehri

Male/Female:lagayilo re, lagayilo re kacheri

Female:Angeethi chadayi leh jigar se piya

Jigar maabadi aag hai

Bedi chalayi leh jigar se piya

Jigar maabadi aag hai)

Male:(Ho na toh chakuon ki dhaarHo na tan raati na kataar) - 2

Aisa kaate ke daat ganisaar chod de

Yeh katayi toh koi bhi kisaan chod de

O aise chalim ka chod de makaan jod de re bilo

Chalim ka chod de makaan jod de

Aise chalim ka,

O aise chalim ka

Aise chalim ka chod de makaan jod de

For you ,

I will leave everything: my home, smoking, a farmer would leave his harvest.

Female:Na bulayaNa bataya

Na bulaya,

Na bataya maane neend se jagaya hai re

Aise chonkele haath mein naseeb aa gaya

Woh ilaychi khilayike kareeb aa gaya

Koyila jalayi leh jigar se piya

Jigar maa, aag hai

Yu woke me up without any ryme or reason.

I felt that I suddenly got lucky when you freshened up your breath and came close to me.

Male:Itni sardi hai kisika lehaf lehi leh

O jaa padosi,

O jaa padosi,

Jaa jaa padosi

O jaa padosi ke chule se aag lehi leh


TRADUÇÃO:

Sem cobertores

Sem lençóis

Sem cobertores

Sem lençóis

E este vento frio vem ao meu encontro

Sem cobertores

Sem lençóis

E este vento frio vem ao meu encontro

Está tão frio, pegue o lençol de alguém

Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho

Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho

Acenda seu cigarro

No meu coração

Como se houvesse um fogo ardendo

Acenda seu cigarro

No meu coração

Como se houvesse um fogo ardendo

Não deixe a fumaça sair de seus lábios, amor

Ah ha Não deixe a fumaça sair de seus lábios, amor

Porque este mundo já está todo bagunçado

Acenda seu cigarro

No meu coração

Como se houvesse um fogo ardendo

Sem cobertores

Sem lençóis

E este vento frio vem ao meu encontro

Está tão frio, pegue o lençol de alguém

Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho

Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho

Sem culpa

Sem provas

Sem culpa

Sem provas

Sem cometer crime algum

Fui sentenciado à morte

Fui sentenciado à morte

Algum dia, me chame de tarde

Leve-me ao julgamento, me amarre à coleira

Me chame

Me chame

De tarde

Algum dia

Algum dia

Condene-me

Acenda seu forno

No meu coração

Como se houvesse um fogo ardendo

Acenda seu cigarro

No meu coração

Como se houvesse um fogo ardendo

Nem mesmo a ponta de uma faca

Nem a adaga se compara

Nem mesmo a ponta de uma faca

Nem a adaga se compara

Ela me mordeu de tal maneira que deixou marcas

Um agricultor pararia de colher

Oh, como você pode gostar de um bruto como eu?

Oh, querida Você ficaria com um bruto assim?

Oh, minha amada

Você ficaria com um bruto assim?

Sem contar

Sem me chamar

Sem contar

Sem me chamar

Ele me acorda do sono profundo

De repente meu destino vem aos meus lençóis

E me alimenta com gengibre, vindo até mim

Acenda o carvão

No meu coração

Como se houvesse um fogo ardendo

Está tão frio, pegue o lençol de alguém

Ah, vá pegar Ah, vá pegar Vá vá pegar

Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho

Niver do Mô




Parabéns para o Mô!!!!!!!!


Festejamos em família. Lá em Volta Redonda.


Pena que o Ciro não pôde ir. Estava fazendo simulado. Ano de vestibular...


O bolo estava uma delícia. Era o famoso Floresta Negra. Bom "dimais"!
Detalhe: esquecemos da vela. A Marilena, minha sogra, teve a brilhante idéia de colocar um garfo no bolo para parecer uma vela.
E a piada: a tia dele perguntou: "não vai acender?"


Ocorreu um erro neste gadget