terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

O Príncipe Ladrão




Gente, voltei aos cults!!!!!!!

Assistindo agora o Príncipe Ladrão com Tony Curtis.

Esses filmes mais antigos tem umas cenas muito especiais além de um certo ar de ingenuidade.

Há sempre uma profusão de lutas coreografadas, danças, amores impossíveis...

Muito show a cena em que ele , enquanto foge, espia por uma janela a bela jovem Yasmim se arrumando e zombando do noivo "velho" que precisará do brilho dos diamantes para acender seu fogo.

E na correria ele ainda tem tempo de negar um beijo a um casinho seu.
Ai sais!!!!


A ficha técnica para você conferir:

O Príncipe Ladrão

Filme / Aventura
Nome Original: The Prince Who Was A Thief
Direção: Rudolph Maté
Elenco: Tony Curtis, Piper Laurie, Everett Sloane, Jeff Corey, Betty Garde, Marvin Miller, Peggie Castle, Donald Randolph, Nita Bieber, Milada Mladova, Carol Varga
País: EUA
Ano: 1951
Duração: 88 min
Cor: Colorido
Classificação: Programa permitido para menores acompanhados dos pais
Em Tânger, por ordem do regente, um ladrão recebe a incumbência de matar o verdadeiro herdeiro do trono. Porém ele não consegue matá-lo e resolve criá-lo como se fosse seu. Após 18 anos, o herdeiro seguiu os passos de seu pai adotivo e se tornou um hábil ladrão.
Atualizando o post reproduzo o que escrevi para a Lany agorinha...
Cult, cult, cult!!!!Amo filmes antigos...Nesse carnaval, eu que não estou para farrear fiquei no esquema praia, piscina, livros e TV.Muito bom. Overdose de filmes antiguinhos.O de ontem foi o máximo. Vi a primeira vez ainda era moleca e sonhava ser linda como a tal princesa yasmim. Ontem vi, com tristeza que a bichinha era oportunista.

2 comentários:

  1. Esse filme é dez !!! Vale cada mm de filme ...
    Bjkas

    ResponderExcluir
  2. (Meio off) Tem um filme que o Tony Curtis fez com a Marlyn Monroe, não lembro agora qual é, que ficou famoso por precisar regravar muitas cenas, por conta dos erros da loura. Numa das várias tomadas de uma mesma cena, onde o Tony Curtis tinha que beijar a Marilyn, ele disse que beijá-la era como beijar Hitler. KKKKKKK!!!

    Bj,
    Mô.

    ResponderExcluir

Obrigada por passar por aqui e deixar um comentário!

Ocorreu um erro neste gadget