sábado, 31 de janeiro de 2009

SAARA, Confeitaria Colombo e muito mais


Quarta pretérita resolvemos fazer um passeio ao centro do Rio com as crianças.
Há tempos que o Flávio queria nos levar por lá.

Duração: 6 horas e tanto de badalação pelas ruas do SAARA, passando para comer uns docinhos maravilhosos na confeitaria Colombo (foto), cafezinho na Saraiva com direito à aquisição de muita quinquilharia e o livro das Mil e Uma Noites que já estava querendo há tempos.


Luiza fez a festa, comprou muita bijuteria, roupa, nem sei como a grana da bichinha rendeu tanto! Tudo bem que por lá tudo é muito baratinho, mas, definitivamente, preciso aprender a fazer meu dindin procriar como ela faz...

No meio de tudo isso, um almoço divino no Cedro do Líbano: Humus, pão, mjadra e kafta. Ah! Com direito à vitamina que é como chamam uma salada de pepino, cebolinha, hortelã, cebola e tomate frescos.
Essa novela veio a calhar: amo muita coisa relacionada ao Oriente e agora teremos mais interlocutores!
Já disse que não sou de novelas, mas essa faço questão de ver.
Também sei que a Índia não é aquilo lá, mas o que me importa? O legal é abrir portas e isso, definitivamente uma novela faz.
Já começamos a discutir casamentos arranjados, a venda de crianças, o dicotomia fome/tecnologia...
Mas, voltando ao tópico:

Dia feliz!

A roupa


Pagando a promessa, eis a foto do meu traje.


Quando disse que gostaria de aprender a dança do ventre ou belledance, como queiram, a prima do Flávio, Natália que dança muiiiiiiiiito, me presenteou com essa da foto. Uma roupa feita por ela. Não é o máximo!


E não é linda????????? ( A roupa) Qualquer uma fica um luxo numa roupa dessas.


Não sei se já contei por aqui, mas no ano pretérito ensaiei alguns passinhos...


Fui quase obrigada a sair das aulas.


Explico:


Passava metade das aulas rindo de mim, uma desajeitada e a outra rindo da professora que fazia cars e bocas como as da boneca Emília.


Conclusão: para não atrapalahr o andamento das aulas e nem gerar inimizades, abandonei.


Snif, snif, snif


Ainda tenho que aprender a controlar esse meu instinto risonho.

Atualizando


Devido as fortes chuvas fiquei sem...

Sem telhado, sem televisão, sem internet, sem luz, sem paciência.

Por isso, meus queridos não postei esses dias.

Agora quase tudo normalizado.

Para alegrar o dia as flores mimosas de um lençol. Não são fofas? Acho que vou pintar uma tela com elas.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Desafio: a cor das unhas


Lançando aqui um desafio: postar a cor da semana.

Que tal?

O post tem dois objetivos: estimular a curiosidade e a vaidade.

Isso mesmo, vaidade. A gente às vezes se dá uma abandonada e postar as unhas da semana seve como estímulo, pelo menos para mim.

Coisas de mulherzinha mesmo...

Às vezes é legal.

Essa aí é uma mistura: deixa beijar com um que eu não vi o nome ,mas eu acho que amora ou ameixa, algo assim, ambos da colorama.
Já tinha feito um post com as unhas cor de rosa, lembra? Esse aqui
Lany, tá convocada!
Andréa também. Aproveita a fuga e pinta as unhas de uma cor bem bonita. Vai estimular, garanto.

E o seu, qual é?

domingo, 25 de janeiro de 2009

Meu tesouro


Não é a princesa das Mil e Uma Noites mas é ma-ra-vi-lho-sa!!!!!!!!
Essa beleza é uma das razões de minha existência.
Lany, a gente não dança em público, mas ela não se faz de rogada. Comprou essa roupa aí e cismou que vai aprender.
Isso porque a bichinha é do s times de futebol e handball do colégio, faz ballet e muai thai. Tirei do basquete sob protestos, mas o time só tinha uns molecões enormes.
Vou fotografar a roupa que ela me deu e depois me digam se não é linda e se a bichinha não tem bom gosto!
Beijos e boa semana para todos.
Em tempo: me ajudem no nome do blog!

sábado, 24 de janeiro de 2009

Na cabeceira: 1808- Laurentino Gomes




Nem contei que terminei as Noites das Mil e Uma Noites do Naguib Mahfouz. Pois é, o livro é bom. Bastante atual, trata de corrupção e poder e de como esse binômio pode ser cruel, apesar do cenário fabuloso em que se passa a narrativa.
Agora, com Laurentino na cabeceira.
Estou amando! É legal ler História contada por jornalista. Historiadores de plantão que me desculpem, mas os livros acerca de História publicados por jornalistas tem se mostrado mais acessíveis, tanto em linguagem quanto em preço.
Como, infelizmente, não há por aqui a cultura da leitura não romanceada, não são vendidos muitos exemplares de publicações de História e, quando livros como este aí se tornam campeões de venda, acredito que cabe uma avaliação.
O bacana é que muitos alunos meus já leram, o que não fariam com um Harry Shapiro, Manuel Maurício de Albuquerque, Joaquim Nabuco, Sergio Buarque de Holanda ou mesmo a Lilian Moritz Schwarcs.
Em tempo, na pilha de leitura já está "As Barbas do Imperador", livro já lido, mas que vale a releitura.
Boas leituras.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Josh, always Josh


Amo Josh e não é novidade!



Só para dar uma mostra do talento dele, ouça a aqui brincadeirinha que ele fez no 60th Annual Emmy Awards.



Gente tem um som muito legal aqui em casa e tenho ouvido o Josh cantar para mim de manhã.



Muito bom.



Aqui você assiste aqui o show dele, da Heather Headley e do Gay Men´s Chorus na posse do Obama. Muito bom.



Por falar em Obama, o rapaz me ganhou: fechou a prisão de Guantánamo. Aquilo era uma vergonha.!!!!!!!

Nome do blog




Gente, quero mudar o nome do blog.
Toda vez que acesso para postar algo dou de cara com meu nome. Não estou gostando. Até aí tudo bem, né? Basta mudar. Mas para qual? Help me!
Estou aceitando sugestões.
Quem passa pr aqui sabe sobre o que escrevo: coisas, lugares e pessoas que amo.
O que sugerem?

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Brinquedo novo


Lembram que eu sonhavam com um piano?

Meu anjo meu deu um teclado maravilhoso!!!!!!!!!!!!!!

Não tenho palavras para expressar minha alegria.

O piano continua na lista, é um sonho. O teclado é uma forma de me levar até o mundo da música. Vou começar as aulas em breve.
No detalhe, as unhas pintadas de rosa, a cor do verão. O esmalte é o sexy, da colorama. Não é lindo??????????

Água


Quer coisa mais maravilhosa que água?

Isso mesmo, água. Simplesmente água.

Estava baixando umas fotos para meu note quando vi essa de um jantar da semana passada.

Fiquei pensando em quanto a água é importante para mim. Daí lembrei que eu colecionava letras de música e ganhei de alguém essa abaixo. Não é linda?
Ouça aqui
Planeta Água
Guilherme Arantes
Composição: Guilherme Arantes

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...
Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...
Águas que caem das pedras
No véu das cascatas
Ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos
No leito dos lagos...
Água dos igarapés
Onde Iara, a mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão...
Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris
Sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes, são lágrimas
Na inundação...
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água...(2x)
Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...
Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

E senta que lá vem história... A flor


Há um tempo atrás, nos idos de 90, eu resolvi que queria pintar. Entrei em cursos e arrisquei muitos quadros que foram presenteados a amigos e parentes diletos.
Claro, eu não queria críticas.
Na verdade, eu até me esforcei bastante e cheguei a pintar por encomenda. O que era hobby virou, por um tempo,também negócio.
Um dia, o Flávio me viu pintando umas telinhas pequenas e pediu uma.
Sentou-se e pintou essa daí.
Meu prazer pela pintura desceu ralo a baixo...
Estava há 3 ou 4 anos fazendo aulas e ele, em meia hora me sai com essa belezura.
A tela é de 1990 e vai ganhar moldura nova.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Da série senta que lá vem história...


Minha sobrinha e afilhada vem aqui em casa e, como moro em casa, sempre dou uma volta com ela na rua para mostrar outras casas, os bichinhos (cães, gatos, passarinhos, lagartos, etc.) que elas tem...
Uma das casas perto de onde moro tem, no jardim, um monte de estátuas: sapinhos, um cachorrão enorme com uma lanterna na boca, um jumentinho, borboletas e até cobra!
Nesse jardim tem a Branca de Neve com os anões.
Um belo dia, a Bia chega aqui (ela tinha três anos) com os pais carregando um monte de embrulhos. E ela fala: Dinda, presente!
Antes que eu abrisse, meu cunhado já foi avisando: foi inevitável. O máximo que eu consegui foi trazer em tamanho menor.
Quando abri os pacotes, lá estava a Branca de Neve, o Zangado, o Atchim, O Dengoso, o Mestre, O Dunga,o Soneca e o Feliz.!!!!!!!!!!!!!
Ela quis que eu colocasse na sala. E lá eles ficaram por alguns meses até que eu os transferi para o quintal para "tomarem um solzinho."
Detalhe: quando abri, surpresa, os pacotes, a baixinha me saiu com essa:
- Dinda, você num ama eles?

Mia preguiçando e Cléo tomando conta do soninho da mamãe




Não são fofas?


Ninguém ouse discutir!


É assim que elas passam a tarde inteirinha: uma dormindo e a outra olhando. Isso quando não dormem abraçadinhas!

Ah! A Mia vai ter mais filhotes. isso mesmo, mais filhotes. Alguém se habilita?

sábado, 10 de janeiro de 2009

Comidinha mineira, uai!!!!!!


Insisto: a feijoada é mineira!

Essa aqui foi dia desses em que eu levantei inspirada num domingo!

Podem me perguntar: mas não tem que deixar de molho na véspera????????

Resposta: depende ,uai. Se der vontade de fazer naquele dia, não tem não. O almoço só vai sair um pouco mais tarde.

Esta aqui não ficou de molho não.
Fervi o feijão e as carnes separadamente. Uma água só. Não tem que tirar o sal da carne, não. Só o excesso.
Piquei as carnes assim:
Carne seca em cubos menores e as outras que cozinham mais depressa no tamanho normal.

Coloca o feijão para cozinhar com a carne seca, dentes de alho, cebola e uma ou duas folhas de louro. Quando estiver no meio do cozimento do feijão, acrescenta as outras carnes.

No meu caso, fiz uma feijoada surda, manca e magra porque não levou orelha, pés ou peles. Tinha carne seca, paio, linguiça portuguesa, calabresa e fresca,lombinho,costelinha e bacon.
Depois de cozida, tira a pressão e deixa apurar.

Para enganar a fome do povo, muita caipirinha com torresmo, pão de alho, amendoim e pastinhas.

Para acompanhar: arroz branco, couve assustada, farofa de ovos e bacon, laranja.

Eta trem bão, sô!

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Marcadores


Férias é época de ler muiiiiiiittttttttooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!

Então, fiz alguns marcadores de livro. Destesto dobrar a orelha do livro para marcar onde parei.

Muito simples: flores de crochê com uma longa trancinha ou fuxicos com miolo de botão divertido e fita de cetim.

A filhota fez alguns enquanto eu tricotava uma sundance.

Estes aí são da Lanynha.

O jantarzinho







Jantar de agorinha.



Cardápio: souflée de morue et riz arbóreo aux quatre fromages, dans les micro-ondes ( suflê de bacalhau e arroz arbóreo aos quatro queijos, no microondas.



Eu sei que faltou uma saladinha verde. Uma que combina muito é a saladinha da Luciana com romãs. Dá uma olhadinha lá: http://cafezinhodascinco.blogspot.com/






Receitinhas:






1- Arroz arbóreo aos quatro queijos, no microondas
Coloque num pirex fundo e redondo:
1 xícara de arroz arbóreo
3 xícaras de água
1/2 colher de sopa de óleo
1/2 cebola ralada
1 dente dealho (grande) batidinho
tempero caseiro ( o meu leva sal e todas as ervas que eu tiver no quintal)
Coloca 10 minutos (sei lá em que potência. Eu ligo o micoondas e pronto), mexe e vai colocando mais 10 minutos até ficar al dente.
Daí, acrescente 1 caixinha de creme de leite, um punhado de queijo ralado, outro de muzzarela, 1/2 copo de requeijão e mais um punhado de queijo gorgonzola.
Misture e sirva em seguida.



2- Suflê de bacalhau
bacalhau cozido e desfiado grossamente
a mesma quantidade de batatas cozidas na água que cozinhou o bacalhau com uma folha de louro, dois dentes de alho e uma cebola pequena
cenoura calabreza ( a da Lany do http://navarandacomlanynha.com)
3ovos
azeitonas pretas
salsinha
alecrim
queijo parmesão fresco ralado
Bata as claras em neve e reserve.
Amasse as batatas e misture os outros ingredientes.
Incorpore as claras.
Coloque numa assadeira. Eu coloquei num pirex.
Polvilhe com o queijo ralado e leve para gratinar.
Por aqui, não sobrou nadinha...

Itacoa- sempre!!!!


Hoje eu "abendei".


Cansei de tudo e, às três horas da tarde, totalmente contra meus princípios, fui à praia com as crianças. Isso porque , para mim, sol é até as 10h ou após as 16h.

Tudo bem, o Ciro (16 anos) e a Luiza (15 anos) não são mais crianças. Tá, já sei. Mas eu sou a mãe. Portanto, posso chamá-los de crianças para sempre.

Pois é, como estava contando, estava entediada, trabalhando quando pensei: Geeeeenteeeeeeeeee! Estou em férias!!!!!!!! Tudo bem que só um lado meu está de férias, a professora. Mas férias são férias. E chove há tanto tempo... Preciso tirar o mofo. É, mofo mesmo. Porque chove há tanto tempo que tenho a sensação que tem mofo por toda parte, inclusive em mim. Sou movida à Sol.

Não sou daquelas que fica lagarteando no Sol. Mas amo curtir um solzinho, mesmo que sob a barraca de praia. Preciso da luz solar!!!!!!

Será que consigo viver de luz igual àquele povo que foi no Programa do Jô??????? Eu emagreceria, né?

Então, nada mais justo do que eu, a advogada, largar minhas petições por uma parte da tarde e curtir aquela praia maravilhosa que fica pertíssimo da minha casa.

Amigos, foi a melhor decisão que tomei durante a semana. A praia estava linda. Mais que linda. As águas estavam transparentes, dava até para ver que o esmalte dos meus pés era rosa clarinho... E o mar estava calmo. Só com aquelas ondinhas que você tem que decidir se mergulha ou dá um pulinho. Tudo de bom.

Tarde esplêndida.!!!!!!

Tão boa que cheguei em casa super, hiper animada.

Lavei o carro com as crianças e estou a preparar uma maluquice que me veio à cabeça para o jantar. Se der certo, posto aqui daqui à pouco.

Mil beijos.

(Praia de Itacoatiara. Niterói-RJ)

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Minhas Sundances


Olá, Andréa!

Este post é um agradecimento a você, viu?

Por sua causa desandei a fazer toalhinhas e comecei ontem as sundance make up bag, seguindo a receitas que você postou no seu blog (http://andreaminhaslas.blogspot.com/).

Ainda não finalizei a rosa, que foi a primeira de muitas que virão, porque não consigo achar as agulhas de duas pontas para fazer o icord.

Também quero colocar um forrinho legal.

A rosa fiz com barbante e a que está nas agulhas (assim que terminar o post vou terminar) estou usando 4 fios e agulha 5.

É muito legal.

Rapidinho fica pronta e é um mimo.

Entendi agora porque o poovo tricoteiro gosta tanto!!!!!!

Obrigada, de novo. Você foi muito gentil colocando a receita traduzida.
Lanynhaaaaaaaaaaa!!!!!!!!! Viu minha xícara de chá?Azul? Ela vem com um coador dentro. Tudo de bom. Foi presente do Flávio junto com um monte de pacotes de chás. Já tomou chá de jasmim?

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

A foto para a D. Curiosa


Eu e o Flávio (Mô) no niver de 15 anos da Lu.

Atendendo a pedidos e "matando" a curiosidade de uma amiguinha...

Naguib Mahfouz

Naguib Mahfouz
Veja só como é a vida: nunca pensei em lê-lo pelos fatos que o cercavam. Achava que havia muito estardalhaço em torno do "escritor maldito." Não iria ler apenas para fazer número.
Pois bem, caiu-me as mãos "Noites das Mil e Uma Noites" enquanto eu encomendava as "Mil e Uma Noites".
Já coloquei outros livros dele na minha famosa listinha.
Comecei a ler e estou quase ao fim quando decidi ler um pouco mais sobre o autor. É preciso saber quem se está lendo.
Poi bem, o escritor egípcio Naguib Mahfouz aos 94 anos, no Cairo e "foi o único escritor do mundo árabe a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura, em 1988. Mahfouz fora internado há um mês e meio, depois de sofrer uma queda em casa.
O declínio da saúde de Mahfouz começou em 1994, quando um homem o esfaqueou no pescoço – e fugiu sem ser preso. O atentado foi provavelmente praticado por um extremista islâmico: líderes fundamentalistas tinham acabado de declarar o escritor “infiel”. De fato, sua literatura era boa demais, humana demais, para descer pela goela do fundamentalismo. Muitos de seus livros foram proibidos em outros países árabes, e um deles, de 1959, no próprio Egito.
Leia o obituário do “New York Times” (em inglês, mediante cadastro) aqui. E o do “Le Monde” (em francês, acesso livre), aqui.
Mahfouz, que certa vez se definiu como um “escritor de quarta ou quinta categoria”, é autor de três dezenas de romances, além de volumes de contos, peças teatrais e roteiros de cinema, mas sua obra hoje é escassa nas livrarias brasileiras. Lançado em 1997, o romance “Noites das Mil e Uma Noites” (Companhia das Letras), fantasia baseada no maior clássico das letras árabes, é o mais fácil de encontrar." (http://colunistas.ig.com.br/sergiorodrigues/2006/08/30/naguib-mahfouz-1911-2006/)
Também dele :
“Akhenaton, o rei herege” (Record)
“Miramar” (Berlendis & Vertecchia)
“O beco do pilão” (Planeta)
“O jardim do passado”
“O palácio do desejo” (ambos da Record)

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Cumprindo a promessa: flores para a Lany




Bem, cumprindo minha promessa, estou a fazer flores para a Lany.


A caixinha está aí em cima.


Tem flores para cabelo, para enfeitar, marcadores de livro...


Vou continuar fazendo até encher a caixinha e encontrar a amiga.


Pr'ocê, miga!!!

Barbie????????




Fiquei maluca? Voltei a brincar de bonecas?


Quase isso.


Tenho uma sobrinha que é um docinho e, estava a arrumar algumas coisas da Lu, minha filha, quando me deparei com as bonecas que ela guardou. Resolvi crochetar roupinhas para minha afilhada. Será que ela vai gostar?


Eu amei. Nada modesta a menina aqui.


É a primeira da coleção Bel Verão 2009.


Outras virão.


No detalhe a Barbie e a minha afilhada.

Colcha de sobrinhas


Como eu sou brasileira e não desisto nunca, ou quase nunca, juntei os restinhos de lã que tinha e fiz esta manta para minha cadeira de balanço. ( Eu já coloquei num outro post).

Ficou linda e quentinha.

Perfeita para jogar nas pernas num dia de friozinho, assitindo um filme legal.

Fica a idéia.


Recadinho do dia: estou juntando lãs e quadradinhos para fazer as mantas para o Lar da Criança. Se quiser colaborar, basta entrar em contato.

domingo, 4 de janeiro de 2009

Manta de quadradinhos







Há alguns anos atrás, assistia ao programa da Ana Maria Braga (explico: estava passando roupas. Então, precisava me sentir mulherzinha) e ela estava apresentando uma proposta ao dos "quadradinhos com amor".



Na época, aderi à idéia e junto com minha filha, fizemos uma pequena manta.



No ano seguinte, resolvi fazer uma manta de squares de tricô para cada um dos meus filhos: tons de rosa para a Lu e azuis para o Ciro.



Tranquilo. Para não causar ciúmes fazi um square da Lu e outro do Ciro. Assim as duas mantas ficariam prontas juntas.




É claro que não foi o que aconteceu!!!




Na época tinha uma cadela boxer,chamada Themis (a deusa da justiça!!!!!!!!) impossível que comeu, rasgou, inutilizou, destruiu os 86 quadrinhos de cada um.




Fiquei um caco. Triste demais.




Nem as lãs ela perdoou. Destruiu tudinho.




Tem um square rosa que está aí. Dá para ter uma idéia.




No ano seguinte comecei uma colorida. Mas fiz uma mudança e com ela sumiram lãos, linhas e uns 30 squares!!!!!!!!!!!!!!!!




É claro que desisti. Temporariamente.
Começo agora uma campanha de quadradinhos para o Orfanato Lar da Criança, em Niterói.
São 50 crianças.
Então, estou juntando squares e lãs.
Medida dos squares de lã: 20 cmm x 20 cm.






Camponata


Receitinha básica de uma antepasto delicioso.


2 berinjelas médias e bem bonitas

2 cebolas

1 pimentão amarelo

1 pimentão vermelho

azeitonas pretas
passas
manjericão
orégano
tomilho (pouco)
pimenta à gosto ( eu coloco umas duas ou três inteiras que fica lindo e não fica muito forte)
sal grosso
vinagre temperado ( o meu é de vinho branco e leva ervas, louro, alho e pimenta)
3 dentes de alho inteiros
Corte os legumes em pedaços regulares, misture tudo e leve ao forno em assadeira grande, tampada com papel alumínio até cozinhar.
Caso necessite, pode colocar um pouco de água.
Quando esfriar, passar para um vidro e completar com azeite de boa qualidade.
Fica ótimo com torradas, pão preto, pão árabe, sem pão, puro mesmo ...

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Cenoura calabresa da Lany


Vi a receita no blog da Lany e não resisti: fiz para a ceia da virada de ano.


Segue abaixo a receita retirada do blog:



"Rale 3 cenouras (quantidade da foto) e coloque-as de molho na água com pouco de vinagre de arroz e sal...(tudo a gosto, punhadinhos essas coisas que não dá pra medir).

Depois jogue as cenourinhas amigas em água fervendo pra dar meio que um choque nas bichas... deixe escorrer a água numa peneirinha...

Tempero:Pimenta calabresa,ervas finas ( manjericão, alecrim,orégano, tomilho, sálvia)..isso é o que dizem que vem no saquinho... mas vi a sálvia lá...

Cebola ralada , salsinha, limão.

Serve com torrada, paes... e onde a imaginação te levar...

Coloque-as em um vidro e complete com azeite ..."
Estava pensando em fazer a torta que também está lá, mas não sobrou!!!!!!!

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Feliz 2009!!!!!!!!







Para desejar a todos um 2009 maravilhoso!




A mesa com parentes e amigos queridos. Nos detalhes a cenourinha calabresa da Lany, quibe assado, humus, tabule e doce de goiaba colhida no meu quintal. Delícia!



A mesa foi só enchendo. Dê uma espiada no cardápio. É para fazer um mês de jejum, daqueles de pão e água .
Entradas:
torradas, pão sírio, pão preto
homus tahine, cenouras calabresa, camponata de berinjelas, patê de azeitonas, patê de ovos, pasta de frios, coalhada seca
mini esfihas de carne
Pratos:
Quibe, tabule, mjadra, pernil assado, suflê de bacalhau, peito de peru defumado com ameixas
Sobremesas:
Compota de goiabas (do meu quintal), pêssegos em calda, bolo de coco com chocolate, torta de limão
Bebidas:
vinho verde, vinho tinto, espumante, cerveja, refrigerantes, mate e água (muita que é para lavar tudo isso!)
As fotos são do início, ainda nem tinha terminado de arrumar as mesas e o balcão.
Ocorreu um erro neste gadget